sexta-feira, 1 de março de 2013

Dilma diz que o Brasil é "capaz" ao inaugurar fábrica de submarino nuclear

Acompanhada do governador do Rio, Sérgio Cabral, Dilma cumprimenta operários que trabalham na fabricação de submarino Brasileiro.
A presidente Dilma Rousseff destacou a capacidade do país ao inaugurar uma fábrica para a produção de submarino de propulsão nuclear nesta sexta-feira (1º), em Itaguaí, no Rio de Janeiro. "O mais importante é que o Brasil é capaz. O Brasil pode e faz", afirmou Dilma.
A presidente também falou da importância do projeto para a defesa do país, com previsão de investimentos da ordem de R$ 7,8 bilhões até 2017. O primeiro de quatro submarinos convencionais será entregue para operação em 2017, e o veículo com propulsão nuclear estará pronto em 2023.
"Ser um país pacífico não nos livra de termos uma indústria da defesa que vai colaborar na garantia da nossa soberania", destacou.
Com isso, o país entra para o grupo de países capazes de construir submarinos nucleares, entre eles estão: China, Estados Unidos, França, Inglaterra e Rússia. Até hoje, apenas os países que fazem parte do Conselho de Segurança da ONU tem acesso à tecnologia.
A construção dos submarinos é uma parceria estratégica firmada entre Brasil e França em 2008, que inclui transferência de tecnologia.
O projeto do submarino de propulsão nuclear está sendo desenvolvido desde junho do ano passado no CTMSP (Centro Tecnológico da Marinha em São Paulo). Engenheiros navais da Marinha realizaram cursos para o desenvolvimento dos navios de guerra na França entre agosto de 2010 e maio de 2012. Todo o projeto é de responsabilidade da Marinha do Brasil.
O complexo de fabricação, estaleiro e Base Naval deve gerar 9 mil empregos diretos e 32 mil indiretos.
Fonte: UOL

Nenhum comentário: