quarta-feira, 6 de março de 2013

90 por cento dos alunos que concluem o ensino médio não sabem matemática. 70 por cento não assimilam o ensino de Língua Portuguesa


Um relatório chamado “De olho nas metas” divulgado hoje (06/03/2013) pelo movimento Todos pela Educação revela que 9 em cada 10 alunos que concluem o ensino médio aprenderam matemática, ou seja, apenas 10%. No caso da disciplina Língua Portuguesa a cada 10 alunos, apenas 3 assimilam os conhecimentos, o que dá um percentual de apenas 30%.
Esses índices baixíssimos não me surpreendem e acredito que também acontece o mesmo com meus colegas que estão no dia a dia cumprindo a difícil tarefa de educar na sala de aula das escolas brasileiras.
Os coordenadores do Todos pela Educação culpam o fraco desempenho do ensino fundamental 1 e 2 e também o currículo inchado com excesso de disciplinas. Concordo com eles, porém outros elementos bem negativos podem ser acrescentados. Um deles é o desestimulo, tanto por parte dos professores, que trabalham excessivamente em três turnos quanto dos alunos que contam apenas com uma sala de aula monótona em que se pratica um ensino enfadonho.
Ultimamente tenho pensado o quão bom seria se nossas escolas oferecessem espaços adequados para que o aluno desenvolvesse naturalmente suas habilidades, estimulando a criatividade e seu potencial autodidata. Verdadeiras bibliotecas prontas para desbravar o conhecimento, internet de alta velocidade, mini-cursos extracurriculares, palestras formadoras de opinião e cidadãos, quadras de esporte, laboratórios multidisciplinares são apenas alguns exemplos do que poderíamos ter agregado ao ensino tradicional, que deve, com certeza, ser mantido.
Veja matéria sobre o assunto clicando aqui.

Nenhum comentário: