terça-feira, 26 de junho de 2012

Em Belém os comunistas apresentam suas armas

Jorge Panzera é candidato ao Palácio Antônio Lemos
Vinte anos depois de ter lançado a então mais votada deputada federal do Pará, Socorro Gomes, o Partido Comunista do Brasil (PCdoB) volta ter candidatura própria na capital, Belém. No último dia 23, o partido decidiu-se, em convenção, pela candidatura do ex-secretário de esporte e juventude do governo Ana Júlia, Jorge Panzera.
Em Belém a conjuntura é um pouco parecida com a de Tucuruí, pois não existe uma liderança que consiga aglutinar a oposição, que sai com múltiplas candidaturas. Psol, PT e agora o PCdoB decidiram por candidaturas próprias que se enfrentarão nas urnas. O que talvez tenha motivado essa situação é o fato de que esse ano não tem reeleição e o atual prefeito nem tenha conseguido um candidato para sucedê-lo.
No caso do PCdoB pesa ainda a necessidade de sobrevivência da legenda e de renovação de suas lideranças. Panzera é jovem e politicamente preparado para o debate. Acho que vai cair no gosto do povo, principalmente da juventude.

Nenhum comentário: