sexta-feira, 24 de fevereiro de 2012

Abono: segundo Sintepp, SEMED não cumpriu acordo com MP

Venceu hoje o prazo para que a Secretaria Municipal de Educação de Tucuruí (SEMED) apresentasse ao Ministério Público (MP) a folha de pagamento constando os gastos dos recursos do Fundeb, porém, segundo afirma o Sintepp, isso não aconteceu.
A SEMED enviou ao MP um CD hoje pela manhã cujo conteúdo ainda não se sabe, pois a promotora de justiça, Dra. Priscila Tereza Costa de Araújo, estaria cumprindo compromissos na capital, Belém, e ninguém está autorizado a abri-lo. “Esperávamos um documento no papel, escrito e assinado e não um CD”, disse a Profª. Nívea Maria, diretora do Sintepp.
A prefeitura afirma que não pode pagar o abono dos professores, pois o percentual gasto com pagamento de pessoal em 2011 foi de 66,88%, ou seja, bem superior aos 60% obrigatórios, e que teria tido ainda um gasto de mais de R$ 5,8 milhões com o pagamento de obrigações patronais (INSS).

2 comentários:

Anônimo disse...

so mesmos os ingenuos professores de tucurui para acreditar nas promesasa do prefeitos. Eita bobinhos kakakakaka

Anônimo disse...

Eita categoria desarticulada, a dos professores ai no Pará! Num será em virtude do fato de se ligarem demais nos problemas alheios e se esquecerem dos seus!Meu Deus.