quarta-feira, 14 de dezembro de 2011

Jader de volta ao Senado

Senador eleito Jader Barbalho
Finalmente o Supremo Tribunal Federal (STF) fez justiça e liberou hoje a posse de Jader Barbalho (PMDB) no Senado Federal. Jader foi o segundo candidato mais votado nas eleições de 2010 angariando algo em torno de 1,8 milhões de votos, porém quem assumiu a vaga foi a candidata do Psol, Marinor Brito, que havia ficado na quarta posição na disputa com apenas 727 mil votos, atrás do ex-deputado Paulo Rocha (PT). O primeiro colocado foi o candidato Flexa Ribeiro, do PSDB.
Jader havia sido preterido pelo STF, que se envolveu num interminável imbróglio em torno da validade ou não da Lei da Ficha Limpa nas eleições de 2010. Depois de várias votações empatadas naquela instancia judicial e da ausência de ministros para decidir a questão, finalmente uma medida sensata aconteceu hoje com o presidente da Corte, Cezar Peluso, usou seu direito de “voto de qualidade” para desempatar e chegar à decisão tão esperada.
Independente das acusações que pesam sobre Barbalho, a democracia deve sempre prevalecer. Quem foi eleito foi Jader, logo não poderia outra pessoa ocupar a vaga. É a segunda vez que Jader ocupará uma cadeira no Senado Federal.

2 comentários:

Anônimo disse...

Mais um bandido naquela casa de ladroes.

Anônimo disse...

Aqui prá nós, vocês esperavam o quê de um órgão, o STF, a exemplo dos TCEs/TCMs, cujos membros são indicados por políticos? Cuidado com a porta-cédulas de vocês. Daqui prá frente, todo cuidado é pouco.