terça-feira, 13 de dezembro de 2011

De um anônimo sobre luta pela melhoria do ensino público. Falou e disse!

Estudantes protestam no Chile por melhorias na educação
O comentário abaixo foi enviado ao blog por um anônimo na matéria “que país é esse”. Achei bastante pertinente e publiquei. Leia:
"No Chile os próprios estudantes se organizaram para reivindicar melhorias na educação, embora a iniciativa tenha partido do ensino superior, tendo a frente a jovem líder estudantil comunista Camila Antonia Amaranta, as reivindicações eram por melhorias em todos os níveis da educação, atacando o modelo de super-privatização e o lucro do ensino chileno, solicitando maiores investimentos na educação, valorização dos professores e um ensino público gratuito e de qualidade para todos.
As famílias chilenas não só apoiaram como aderiram aos protestos se juntando aos estudantes. A imprensa brasileira noticiava admirando os protestos e a organização dos estudantes.
Enquanto isso no Brasil, mais especificamente no Pará, mesmo as reivindicações sendo bastante semelhantes, os estudantes não apóiam a luta dos professores, muito menos os pais, a imprensa é a primeira a criticar. No entanto todos querem resultados positivos para a educação.
Analisando as duas situações acredito que o melhor a fazer é trabalhar a conscientização política dos nossos estudantes. Caso contrário, os professores vão continuar lutando isoladamente e a luta vai ser perdida antes mesmo de começar."
A sociedade chilena apóia

Um comentário:

Anônimo disse...

Agradeço pela atenção Professor (Anônimo das 22:25 de 12/12/2011)