sábado, 10 de dezembro de 2011

CGU faz pente-fino na Prefeitura de Tucuruí

A Controladoria Geral da União (CGU), através da Secretaria Federal de Controle Interno, desembarcou na sede da Prefeitura de Tucuruí para uma fiscalização, motivada pelas recentes denúncias contra a gestão atual.
A equipe da CGU fiscaliza convênios e contratos com recursos oriundos dos programas de Governo Federal. No último dia 29 de agosto, o órgão federal anunciou que os municípios do sul e sudeste paraense estavam no seu alvo. Na força tarefa, participam ainda o Ministério Público e a Polícia Federal.
Em Tucuruí, o prefeito Sancler Ferreira e seus auxiliares foram pegos de surpresa na manhã da terça-feira (6), quando uma equipe de doze auditores chegou à sede da prefeitura de Tucuruí. Eles continuam até hoje auditoria na sala do chefe de gabinete do prefeito, Ronaldo Voloski.
A princípio, estão sendo analisados os convênios celebrados pela Prefeitura com os órgãos federais. Informações dão conta de uma série de visitas em escolas e em empresas que prestam serviços ao município.
As denúncias motivadoras da visita, segundo uma fonte, seriam suspeitas de fraudes em licitações com recursos federais, desvio de verbas do Ministério da Saúde, aquisição de equipamento com recursos federais sem a devida legalidade e a devida prestação de contas. Além disso, a utilização da máquina pública em beneficio próprio.
Até o fechamento desta edição, não houve maiores informações da equipe dos auditores sobre o período em que permanecerão na análise dos processos e quais são, de fato, os convênios em análise.

Um comentário:

Anônimo disse...

comenta-se na cidade que tem um secretário do prefeito pernoitando no quartel da PM a pedido dos fiscais, será que procede essa informação???