quinta-feira, 10 de novembro de 2011

Valorização: Câmara de São Paulo aprova piso de R$ 2.600,00 para professores

Enquanto São Paulo oferece 2,6 mil, no Pará Jatene quer dar calote nos professores
Enquanto o governo do Pará fica amarrando o Piso Nacional de R$1.187,00 (para jornada de 40 h. semanais) dos professores e descumprindo ordem do Supremo Tribunal Federal (STF) com a conivência vergonhosa do judiciário estadual, a Câmara Municipal de São Paulo aprovou, por unanimidade, na sessão de terça-feira (08/11), um piso salarial para os professores paulistanos de R$ 2.600,00. Isso para uma jornada de 30 h. semanais
E não para por aí, coordenadores pedagógicos, diretores, supervisores escolares, auxiliares técnicos e agentes escolares também receberão reajuste de 13,42%. O aumento é retroativo a maio de 2011 e, somado a ele, haverá mais três reajustes escalonados: de 10,19% em maio de 2012; 10,19% em maio de 2013; e 13,43% em maio de 2014.
A mudança atinge 58 mil docentes ativos e 18 mil aposentados. O texto agora precisa ser sancionado pelo prefeito Gilberto Kassab para entrar em vigor.
Com informações do Portal da Câmara Municipal de São Paulo

Nenhum comentário: