domingo, 20 de novembro de 2011

PMDB discute um novo rumo para Tucuruí

Gualberto comanda a reunião do PMDB
No último sábado (19/11) a noite o PMDB de Tucuruí reuniu a militância para discutir os problemas da cidade. Na direção dos trabalhos, Gualberto Neto levantou diversos questionamentos relacionados às áreas consideradas criticas, como saúde e educação. Ele chamou os filiados, amigos e simpatizantes a unirem forças para tirar o município da situação em que se encontra.
Gualberto, que é pré-candidato do partido à prefeitura nas próximas eleições, criticou o fato da atual administração não ter construído nada até o momento. “As obras que essa administração apresenta na mídia não passam de reformas. Grande parte da estrutura que nossa cidade tem hoje foi conquistada nas administrações do PMDB”, disse.
A opção pelas reformas do governo Sancler pode ser explicada pelo fato de que reformar permite um aditivo no orçamento de até 50%, enquanto que novas construções permitem apenas 25%. Ou seja, se uma reforma é orçada inicialmente em 1 milhão, no decorrer da obra  esse valor pode chegar a 1,5 milhão, o que torna muito mais difícil a tarefa de fiscalizar. Aliás, esse foi um outro problema bastante discutido: as contas da prefeitura são uma caixa-preta até agora indecifrável.

Nenhum comentário: