segunda-feira, 7 de novembro de 2011

Campanha do SIM está desmobilizada

Ao lado de petistas e tucanos, Edmilson faz um cuspurento discurso a favor do NÃO na Pça. da República enquanto o Dep. cara pintada, Celso Sabino (PR), molha a garganta.
Semana passada estive na capital, Belém, e pude ver como a campanha do NÃO à divisão do Estado do Pará está bem articulada, ao contrário do que parece acontecer com a do SIM. Uma grande marcha foi organizada com chamada pelas redes sociais reunindo inimigos históricos como o ex-prefeito Edmilson Rodrigues (Psol) e alguns tucanos. Bem posicionado, no Bar do Parque, vi passar nada menos que três trios elétricos fazendo a agitação daquela manhã de domingo (30/10) pela cidade.

Já a campanha do SIM, está um pouco (pra não dizer muito) acanhada. Se resume a alguns adesivos mal impressos e de difícil leitura. Nada comparado ao excelente slogan “Não e Não” usado pelos seus adversários, que virou febre em Belém e já se espalha por áreas tidas como territórios do SIM. Parece que o grande marqueteiro Duda Mendonça vai ter um pouco de trabalho pra convencer os moradores da capital e Região Metropolitana de Belém que a divisão vai ser boa para o Pará remanescente, já que esse é o mote da campanha.

O plebiscito acontecerá no dia 11 de dezembro em todo o território paraense, sendo que a campanha teve início no dia 13 de setembro e estará também na TV a partir de 11 de novembro, ou seja, ainda esta semana.

Nenhum comentário: