quinta-feira, 20 de outubro de 2011

Tucuruí decide manter greve na Rede Estadual

Professores se manifestaram pela continuação da greve
Ontem os professores da Rede Estadual de Ensino do município de Tucuruí estiveram reunidos na Sede do Sintepp para discutir a greve que já se estende por 25 dias. Após os informes repassados pela direção da entidade foi feita a consulta e os trabalhadores da educação decidiram continuar com o movimento grevista.

Em Tucuruí apenas a Escola Simão Jacinto não parou e por isso foi alvo das criticas dos presentes, que consideram que a atitude não contribui para o êxito do movimento. Os professores reivindicam o cumprimento da lei que obriga o Estado a pagar o Piso Nacional, que é de R$ 1.187,00. Além do Piso, a categoria quer o cumprimento do Plano de Carreira aprovado no ano passado e que deveria ser implementado em janeiro desse ano.

Encaminhamentos

Hoje os professores estarão visitando as rádios locais para divulgar o resultado da reunião e convocar a categoria para se envolver mais na luta. Ontem mesmo, após a reunião, uma comissão visitou a Escola Simão Jacinto e seu anexo, que funciona no prédio da Escola Municipal Dulcimar Brito, para tentar convencer os professores daquela unidade de ensino a paralisar as atividades. Outra Assembleia foi marcada para o dia 26 (quarta-feira) quando será feito novo balanço do movimento grevista.

Existe ainda proposta de incorporar a União dos Estudantes de Tucuruí (UNEST) e os Grêmios Estudantis nas manifestações uma vez que também se reivindica a melhoria nas condições de ensino.

3 comentários:

Anônimo disse...

Isso é uma sede,ou um corredor?

Prof. Augusto Magalhães disse...

rsrsrs... É um auditório. A Sede é bem maior.

Anônimo disse...

A sede dos Professores é maior ainda, por justiça e valorização ao nosso ofício.