terça-feira, 11 de outubro de 2011

Sancler pode ser cassado hoje na Justiça Estadual

Prefeito Sancler: mais uma batalha na justiça (imagem: Elcimar Neves)
O prefeito de Tucuruí, Sancler Ferreira, enfrenta hoje mais uma batalha na justiça para se manter no cargo. Denunciado por corrupção nas eleições de 2008, quando venceu numa disputa apertada contra o candidato do PT, terá que se submeter à decisão do Tribunal Regional Eleitoral (TRE). Mesmo perdendo, ainda cabe recursos em instancias superiores, o que indica que dificilmente deixará o comando da cidade. É a morosidade da justiça conspirando contra a ética na política.
Desde 2008, 274 gestores municipais já foram cassados em todo o Brasil, que conta com 5.563 prefeituras. Levantamento promovido pela Confederação Nacional de Municípios (CNM) aponta que 38,1% dos casos foram motivados por ações de improbidade administrativa e, em 36,9% deles, por infrações à legislação eleitoral. Os estados de Piauí – o campeão, com 50 cassados -, Minas Gerais, Bahia e Mato Grosso lideram o ranking da troca de cadeiras.
Segundo o professor de Ciência Política da Universidade de Brasília (UnB), João Paulo Peixoto, “pessoas despreparadas que se elegem acabam formando equipes de trabalho fracas, com indicações políticas e pessoais, sem critério técnico”. Será o caso de Tucuruí? Além do Prefeito, também sentarão no banco dos réus a secretária de educação, Profª. Marivani Ferreira e a Sra. Maria do Socorro Rodrigues Lopes.
Clique na imagem para ampliar
 Com informações do O Globo

2 comentários:

Anônimo disse...

Eu não sei qual a novidade nisso tudo.
Que ele vai ser julgado a gente já sabe, que ele vai ser absolvido, é o que a gente já espera. Quando ele for cassado aí sim, será um motivo pra uma matéria, no mais, só to vendo aqui o que já vi em outros blogs.

Anônimo disse...

Tomara! Mas, quem tem dinheiro compra tudo.