quarta-feira, 12 de outubro de 2011

Feriado será marcado por luta contra a corrupção

O feriado de Nossa Senhora da Aparecida, padroeira do Brasil, ganhará contornos diferentes dos religiosos em pelo menos 28 cidades brasileiras espalhadas por 17 estados. Protestos políticos organizados por meio de redes sociais estão marcados para acontecer ao longo do dia. Os organizadores esperam reunir milhares de manifestantes como no dia 7 de setembro, quando a I Marcha contra a Corrupção reuniu cerca de 30 mil pessoas em Brasília.
Dessa vez, as passeatas contra a corrupção pretendem mobilizar a população para exigir a constitucionalidade da Lei da Ficha Limpa, que ainda será votada pelo Supremo Tribunal Federal (STF), o fim do voto secreto parlamentar e a continuidade do Conselho Nacional de Justiça (CNJ). O Movimento Contra a Corrupção, que lidera a organização do evento, contou basicamente com as redes sociais para divulgar as marchas. Até o início da noite, 18.880 pessoas haviam confirmado presença no ato em Brasília por meio do Facebook.
A Ordem dos Advogados do Brasil (OAB), a Conferência Nacional dos Bispos do Brasil (CNBB) e a Associação Brasileira de Imprensa (ABI) apoiam o movimento e também confirmaram a presença de representantes na marcha em Brasília e em outras cidades. O Movimento, que faz questão de frisar ser apartidário, conta com o apoio de outros grupos que mantém atividades contra a corrupção, como o Nas Ruas.
“As pessoas que são filiadas a qualquer partido são bem vindas se forem levantar a única bandeira que todos os brasileiros têm em comum, a bandeira do Brasil! Deixe a bandeira do seu partido em casa e vamos nos unir na vontade que temos em comum, que é a de acabar com a corrupção no Brasil”, diz a mensagem do grupo aos internautas.
Em Brasília, a concentração está marcada para as 10h. Já no Rio e em São Paulo, para as 14h. A programação nas outras cidades também varia bastante. No Pará a única cidade onde ocorrerá manifestação é Santarém às 17 horas em frente à prefeitura.

Nenhum comentário: