quinta-feira, 13 de outubro de 2011

Aulas a 45°

Um projeto equivocado foi utilizado para construir quatro escolas em Macapá-AP. Até agora apenas uma está pronta, no bairro Marco Zero, e foi verificado que a temperatura dentro das salas de aula varia entre 43° e 45°. As salas lotadas também contribuem para a elevação comprovada pelos termômetros. Que tal fazer essa medição aqui nas escolas de Tucuruí? Acredito que a realidade não é muito diferente.

Os “projetos arquitetônicos” de nossas escolas estão totalmente fora da realidade amazônica. Seguem um padrão que é arremedo das escolas do eixo Sul/Sudeste do país, onde predominam temperaturas bem menores que as registradas por aqui. O resultado é que grande parte delas são viáveis apenas se receberem instalação de centrais de ar.

Nenhum comentário: