segunda-feira, 31 de outubro de 2011

Greve dos professores será decidida na sexta

A comissão de negociação do SINTEPP esteve presente na sexta-feira (28) em mais uma tentativa de sair do impasse instalado pelo governo para sairmos da greve que já dura 34 dias, mas a intransigência do (des) Governo Jatene ainda insiste em mentir para a sociedade quando diz que não dispõe de recursos para a integralização do Piso Salarial, mesmo quando o sindicato apresenta os dados técnicos do orçamento comprovando a disponibilidade da verba pública.
A reunião de conciliação realizada no Fórum de Justiça do Estado e presidida pelo Juiz Elder Lisboa, o governo não apresentou nenhuma novidade para a categoria, que já conhece a falta de compromisso do PSDB. O Sindicato propôs o pagamento integral do Piso de 2011 até dezembro e, a partir de janeiro possa integralizar o novo Piso Salarial até abril, mas como era de se esperar a comissão governista não aceitou a proposta, recusando-se a negociar de maneira honrosa, prejudicando a comunidade escolar. A postura vergonhosa de um governador que afirmou em campanha eleitoral que sua prioridade seria a educação pública, só legitima nossa luta e disposição para combater fortemente quem desvaloriza milhares de trabalhadores (as), reforçamos junto a sociedade que a greve continua, Jatene a culpa é tua!.
Infelizmente na próxima sexta-feira (4) o juiz vai sentenciar já que não houve êxito na tentativa de conciliação e, decidirá os rumos desse impasse
Do sítio do Sintepp

Relator apresenta parecer do PNE: votação até final de novembro

Manifestações estudantis por todo o Brasil exigem 10% do PIB para a educação
O relator do projeto de lei que institui o Programa Nacional de Educação (PNE), deputado Angelo Vanhoni (PT-PR), deve apresentar, nesta terça-feira (1º), seu parecer na comissão especial que analisa o tema. A expectativa do relator é votá-lo na comissão até o fim de novembro. O PNE define as metas da educação brasileira para os próximos dez anos.
Na última semana, Angelo Vanhoni e a presidente da Comissão de Educação e Cultura, deputada Fátima Bezerra (PT-RN), receberam um abaixo-assinado com 140 mil cartões postais de apoio à aplicação de 10% do Produto Interno Bruto (PIB) na Educação.
O relator destacou que “nós estamos finalizando os estudos sobre todas as necessidades da educação, envolvendo a inclusão de quatro milhões de crianças nas creches; o ensino infantil; o problema do ensino médio; a expansão do ensino superior, a valorização do magistério; o diálogo com a Ciência e Tecnologia e a qualidade da educação responsável pela formação de doutores e mestres em todo o território nacional. Em função dessas demandas, vamos fixar números. Poderá ser 10%, 9% ou 8% do PIB”, destacou o relator.
Atualmente, União, estados e municípios aplicam juntos 5% do PIB. A proposta do PNE 2012-2015 prevê a ampliação para 7% até 2020. No entanto, entidades da sociedade civil educadores e estudantes pedem a destinação de pelo menos 10% do PIB para a educação.
“Além da universalização do ensino para toda a população de 4 a 17 anos, o PNE abrange temas como a oferta de ensino em tempo integral em 50% das escolas públicas, o alcance de índices mínimos de qualidade da educação básica e a duplicação das matrículas do ensino profissional”, disse ainda o relator.
Fonte: Informes PT (Publicado também no Vermelho)

Nota zero para o feriado

É feriado hoje em Tucuruí. O que se convencionou chamar de o Dia da Consciência Evangélica foi aprovado semana passada na Câmara Municipal. Acredito no respeito à diversidade e defendo a liberdade religiosa, mas os feriados religiosos não combinam com um país que se declarou laico há mais de 120 anos, quando findou o império. Nota dez para a aprovação da data e nota zero para o feriado, pois não é necessário.

domingo, 30 de outubro de 2011

Facebook testa teoria dos seis graus de separação

Rede social lança versão digital do clássico experimento do psicólogo Stanley Milgram e convida usuários a fazer uma mensagem chegar até um desconhecido
Apenas seis laços de amizade separam você de qualquer outra pessoa no mundo. Pelo menos foi a polêmica conclusão de um experimento do psicólogo Stanley Milgram (1933-1984), da Universidade Yale, feito nos anos 60. Em uma época na qual trocar informações on-line e em tempo real mais parecia enredo de ficção científica do que um futuro próximo, o psicólogo decidiu colocar à prova o clichê “o mundo é pequeno”: enviou pacotes a 160 moradores da pequena cidade de Wichita, no Kansas, e de Omaha, no Nebraska, pedindo-lhes que os mandassem para algum amigo ou conhecido que acreditassem que faria a encomenda chegar o mais rápido possível ao destinatário final – um habitante de Boston, Massachusetts. Várias das entregas chegaram, após passar por, em média, 5,5 pessoas. A hipótese de que bastam uns poucos conhecidos para constituir uma rede social muito maior do que imaginamos se popularizou rapidamente. Foi testada por outros estudiosos, que depararam com a mesma média, e inspirou o filme Seis graus de separação, de 1993.
Hoje, navegando nos domínios do Facebook ou do Twitter, não é tão difícil descobrir que um amigo está conectado a uma pessoa que, por sua vez, está ligada a outra que tem no rol de amizades virtuais um ganhador de Prêmio Nobel ou um artista de cinema. Não por acaso, algumas notícias se disseminam nessas páginas em segundos, antes de serem divulgadas pela mídia. Seria apenas coincidência ou as redes sociais retomam e reforçam a teoria de Milgram? Os sites Yahoo e Facebook decidiram levar adiante uma versão digital da experiência, mas em proporções bem menos modestas que as poucas dezenas de voluntários recrutados pelo psicólogo americano – traduzida em 13 idiomas, a página Small world convida os quase 750 milhões de usuários do Facebook a fazer uma mensagem chegar até um desconhecido de um país qualquer, selecionado pelos administradores do projeto. Para se tornar um “remetente” e participar, é necessário ter uma conta na rede social. Por que não conferir se realmente alguns poucos laços separam você de um cidadão do Camboja ou da Rússia? Basta acessar: http://smallworld.sandbox.yahoo.com/.

Fonte: Revista Mente Cérebero

sábado, 29 de outubro de 2011

Lula fará quimioterapia contra tumor na laringe

O ex-presidente comemorou ontem 66 anos de vida
O hospital Sírio-Libanês informou na manhã deste sábado (29) que o ex-presidente Luiz Inácio Lula da Silva, 66 anos, será submetido a um processo de quimioterapia para tratamento de um tumor na laringe.
Segundo nota do hospital, exames realizados por Lula neste sábado, em São Paulo, identificaram a doença. De acordo com os médicos, ele "encontra-se bem" e fará tratamento ambulatorial.
A laringe é um órgão situado na região do pescoço e tem funções respiratórias e relacionadas ao aparelho vocal.
Leia abaixo a íntegra da nota divulgada pelo hospital:
"BOLETIM MÉDICO
29/10/2011. 11h00
O Ex-Presidente da República, Sr. Luís Inácio Lula da Silva realizou exames no dia de hoje no Hospital Sírio-Libanês, em São Paulo, tendo sido diagnosticado um tumor localizado de laringe.
Após avaliação multidisciplinar, foi definido tratamento inicial com quimioterapia, que será iniciado nos próximos dias. O paciente encontra-se bem e deverá realizar o tratamento em caráter ambulatorial.
A equipe médica que assiste o Ex-Presidente é coordenada pelos Profs. Drs. Roberto Kalil Filho, Paulo Hoff, Artur Katz, Luiz Paulo Kowalski, Gilberto Castro e Rubens V. de Brito Neto.
Dr. Antonio Carlos Onofre de Lira
Diretor Técnico Hospitalar
Dr. Paulo Cesar Ayroza Galvão
Diretor Clínico"

Fonte: G1

Plebiscito: risco de abstenção alta preocupa TRE


Com a proximidade do plebiscito sobre a divisão do Pará para criação dos Estados do Tapajós e Carajás, marcado para o dia 11 de dezembro, o corregedor do Tribunal Regional Eleitoral (TRE/PA), desembargador Leonardo Tavares, teme por uma grande abstenção no pleito. Para evitar que grande parte dos eleitores deixe de votar, o corregedor programa uma série de atividades de orientação aos técnicos e juízes eleitorais, além de participar de eventos pela capital e interior do Estado para debater o plebiscito. “É preciso esclarecer que o plebiscito é uma eleição comum, com as mesmas regras de um pleito eleitoral”, ressalta o desembargador.
Hoje ele participa em Tucuruí de um seminário de direito eleitoral, realizado em faculdade local em parceria com o TRE/PA com a finalidade de esclarecer as regras do plebiscito e do processo eleitoral em geral, destinado aos estudantes de Direito da instituição, líderes de entidades associativas e comunidade em geral. Vários juízes eleitorais serão palestrantes do evento.
Feriado
A maior preocupação é que a data do plebiscito foi marcada para uma semana após o feriado do dia 8 de dezembro, dia de Nossa Senhora da Conceição. Geralmente, muitas pessoas costumam aproveitar os feriados prolongados para viajar e é justamente este aspecto que a Corregedoria Eleitoral quer evitar, através de esclarecimentos, informando que quem não votar terá que justificar e pagar multa e se submeter às mesmas regras de outras eleições. Na eleição 2010, o Pará obteve um dos maiores índices de abstenção do país. No primeiro turno, 21.18% deixaram de votar. No segundo turno foram 26.79%.
Continue lendo no Diário do Pará

Eletronorte – Tucuruí entre as mais eficientes do Brasil

As empresas mais eficientes do Brasil foram conhecidas na tarde desta quinta-feira, em São Paulo, durante a cerimônia de anúncio dos vencedores do Prêmio Nacional de Qualidade (PNQ). Rio Grande Energia (RGE), CPFL Paulista, Companhia Energética do Ceará e CPH Eletrobrás Eletronorte Tucuruí foram as grandes campeãs deste ano no prêmio que, há 20 anos, contribui para difundir os conceitos de qualidade e excelência no Brasil – além de reconhecer aquelas empresas que melhor aplicam esses conceitos na prática.

Fonte: Revista Amanhã

sexta-feira, 28 de outubro de 2011

Vote na enquete: você concorda com o engavetamento da CPI da Educação?

A Câmara de Tucuruí rejeitou pedido de CPI para investigar denúncias de corrupção na Secretaria de Educação, de onde teriam sido desviados mais de 5 milhões de reais. As justificativas dos vereadores que votaram contra foram: falta de provas, erros na elaboração das denúncias e o fato de que o MP e o TCM já estão apurando o caso. Você concorda com o engavetamento da CPI da Educação? Vote na enquete que está na barra à esquerda.

quinta-feira, 27 de outubro de 2011

Presidente do PSDB: "Dilma deveria ter indicado um técnico"

Do presidente do PSDB, deputado Sérgio Guerra, agora há pouco, no twitter:

“A presidente Dilma marcou um gol contra ao decidiu manter Orlando Silva no Esporte semana passada. A situação era insustentável fazia tempo, agora marca outro ao indicar Aldo Rebelo. Muda o ministro, mas o Esporte segue aparelhado pelo PC do B, foco de todas as denúncias. A presidente Dilma deveria ter indicado um gestor especializado, com perfil técnico. A Copa do Mundo não permite amadorismo.” (Poder online)

Ridículo Sérgio Guerra. Só faltou dizer que a presidente deveria fazer concurso público. Aliás, por que o PSDB não faz concurso para compor seus secretariados nos governos estaduais? Taí a dica Jatene.

No berço: Jader e Lula fazem aniversário hoje


Dois políticos de expressão nacional. Lula fugiu da fome no Nordeste, foi deputado, fundou o maior partido de massas do Brasil e chegou a ser presidente da República. Jáder exerceu todos os cargos que um político poderia sonhar, exceto a presidência da República, e, apesar dos processos que responde, continua em alta quando o assunto é voto. São dois casos a serem estudados pelos cientistas políticos. Hoje os dois estão fazendo aniversário. Vou dar os parabéns e deixar os comentários por conta de vocês.

MEC cancela provas do Enem de 639 estudantes

TODOS OS enunciados idênticos aos da prova do Enem publicados pelo Colégio Christus foram referentes às provas amarelas. No primeiro dia do exame, 23 de outubro (sábado), as perguntas 87, 46, 50, 74, 57, 34, 33, 32 estavam iguais as do simulado do colégio

Alunos do Colégio Christus, no Ceará, estão no centro dos escândalos de possíveis fraudes e vazamentos de questões do Exame Nacional do Ensino Médio (Enem). O Ministério da Educação (MEC), anunciou, na tarde de ontem, o cancelamento definitivo das notas e das provas de todos os 639 alunos da instituição privada que fizeram os testes no último fim-de-semana. Eles poderão refazer as provas nos dias 28 e 29 de novembro, a mesma data dos candidatos presidiários

O Instituto Nacional de Estudos e Pesquisas Educacionais (Inep), organizador do Enem, irá entrar em contato com os estudantes envolvidos para oferecer a possibilidade de refazerem os testes nos próximos dias 28 e 29 de novembro, na mesma data dos presidiários.

Pelo menos nove questões, disponíveis aos estudantes do Christus, estavam idênticas às aplicadas nos exames oficial, o que configuraria, no entender do Inep, um crime, uma quebra de isonomia entre as partes.

Cada uma das provas refeitas trará um gasto para a escola de, no mínimo, R$ 45 por aluno, um total de cerca de R$ 28 mil para a cobertura das despesas.

Possíveis sanções

Os rastros de irregularidades foram identificados na última terça-feira, quando dezenas de pré-universitários do Colégio Christus soltaram na nas redes sociais da internet as tais "coincidências" de nove questões publicadas tanto no caderno oficial do Enem quanto em uma apostila distribuída pelo Christus, segundo os próprios alunos, cerca de três semanas antes do Enem.

De acordo com o MEC, as condições de segurança das provas foram checadas e mantidas em todo País, sendo descartada assim a possibilidade de vazamento total.

Isso tudo foi apenas um mote para a tomada de decisão final do MEC que julgou, em nota, que o ocorrido configura uma quebra de isonomia e informa, ainda, que possíveis sanções contra o colégio ou seus proprietários vão depender da conclusão das investigações da Polícia Federal (PF). O texto aponta ainda que, "em caso de envolvimento da instituição ou de terceiros, o Inep manifesta desde já sua intenção de processá-los civil e criminalmente".

A fim de tratar com rigor vazamentos de questões, o MEC protocolou, ontem, o pedido de investigação do caso à Polícia Federal. O órgão federal anunciou que a denúncia está em fase de levantamento prévio dos fatos até que haja confirmação ou não de fraude contra o Enem.

Fonte: Diário do Nordeste

Mais uma vitória do PIG. É hora de reagir

Orlando Silva


"Me sinto vivendo um linchamento público sem provas. Há 12 dias sofro um ataque baixo, de agressão vil, baseado em mentiras. Nenhuma prova surgiu, nem surgirá. Falei com a presidenta da minha revolta deste linchamento público que eu vivi, mas tranquilizei ela afirmando que em poucos dias, em poucas semanas, seguramente, a verdade vai vir à tona”
Ex- Ministro Orlando Silva
  

Já está mais do que na hora do governo reagir. Em dez meses já é o sexto ministro demitido pela imprensa, mais especificamente pela revista Veja. Fica evidente que o semanário sensacionalista está a serviço da oposição, que se regozija a cada tiro certeiro no planalto. A presidente Dilma está se deixando pautar pela imprensa e isso desgasta tanto quanto  denúncias sem provas.
A Veja está parecendo o Diário Oficial, que anuncia em primeira mão as demissões do ministério. Filtrando as informações, o resultado a que se chega é que o alvo não é o combate à corrupção nem aos “ministros corruptos”, mas sim o governo da presidente Dilma Roussef.

quarta-feira, 26 de outubro de 2011

Porta-retrato - Educadores protestam contra descaso do governo Jatene

Durante três horas os trabalhadores em educação ocuparam o prédio da Secretaria de Estado de Administração (SEAD), no centro de Belém, cobrando o piso salarial nacional da categoria (Foto: Kleiton Reis/Porta ORM)

Do Blog do Dep. Edmilson Rodrigues

E ainda tem quem duvide quando eu digo que o mais besta enganou o diabo

Ainda repercute o pronunciamento do prefeito através de uma rádio local no último sábado (22/10). Parece que aquele foi o seu pontapé inicial rumo a reeleição, já que fez uma espécie de prestação de contas do trabalho que vem realizando à frente da administração municipal e ao mesmo tempo aproveitou para espetar os adversários. Sobrou até para os blogueiros.

Sancler soltou os cachorros em cima dos vereadores da oposição dizendo que estes não produziram nada em três anos de mandato e que vivem para persegui-lo. Também esmurrou antigos aliados dizendo que se afastaram por que ele não permitiu que roubassem a prefeitura. Disse ainda que está fazendo o que os gestores passados não fizeram em vinte anos.

O prefeito anda se gabando de uma obra que ainda nem começou e que faz parte do programa “Minha Casa Minha Vida”, do Governo Federal, financiada pela Caixa Econômica, a construção de MIL CASAS POPULARES. Isso mesmo, ele fala é com a boca cheia. Segundo o prefeito, a obra está prestes a começar e terá duração de um ano e meio. Será mais uma linda maquete a enfeitar sua propaganda eleitoral no ano que vem.

O prefeito falou ainda de suas obras nas áreas da saúde, educação e urbanização dos bairros da periferia. Anunciou a entrega de equipamentos para a saúde no valor de 842 mil reais que foram resultados de emendas parlamentares na Câmara dos Deputados. Os equipamentos iriam abastecer 11 PSF’s, 5 centros de saúde, o CAPS e a UPA. Tudo para sendo entregue às vésperas das eleições ou depois de sua reeleição. É, e ainda tem quem duvide quando eu digo que o mais besta que passou por aqui enganou o diabo.

terça-feira, 25 de outubro de 2011

Câmara não investigará denúncias contra Sancler

Blindagem do prefeito funcionou bem hoje na Câmara
A maioria dos membros da Câmara Municipal rejeitou na manhã de hoje o requerimento impetrado pelos vereadores oposicionistas Tom Bonfim, Jones William e Pr. Antônio, todo do PT, para que aquela casa legislativa apure as denúncias de desvios de mais de 5 milhões de Reais da Secretaria de Educação. Com cem por cento dos parlamentares presentes, apenas os autores da denúncia votaram a favor.

O suposto “sumiço” da verba destinada a atender os alunos da Rede Municipal de Ensino já está sob a apreciação do Ministério Público Estadual, do Tribunal de Contas dos Municípios e até de órgãos federais. Para os vereadores da oposição, a Câmara se desobrigou de cumprir uma de suas funções mais importantes, que é a de fiscalizar o executivo, uma vez que as denúncias são graves e estão acompanhadas de provas.

segunda-feira, 24 de outubro de 2011

PM bandido diz não ter provas contra ministro Orlando

PM depõe na PF, se enrola e diz não ter gravações envolvendo ministro dos esportes
O policial militar João Dias Ferreira disse hoje (24) que não possui nenhuma prova do envolvimento do ministro do Esporte, Orlando Silva (PCdoB), e de seu antecessor, Agnelo Queiroz (PT), no suposto esquema de desvios de recursos públicos do Ministério. João Dias afirmou categoricamente que não gravou diálogos de Orlando Silva e que não há nada que o incrimine. "Em nenhuma delas [das gravações] tem a voz do ministro".

As declarações foram dadas quando o policial militar prestou novo depoimento e entregou à Polícia Federal (PF) um aparelho de telefone celular contendo 13 gravações de conversas dele com membros do Ministério do Esporte. Segundo ele, nos diálogos seria possível identificar a intenção de fraudar prestações de contas dos convênios que firmou com a pasta.

O acusador também levou quatro ofícios emitidos pelo Ministério que, segundo ele, contêm “informações contraditórias" sobre a fiscalização dos repasses de verbas da pasta a entidades conveniadas. O material envolveria assessores da cúpula do ministério. Mas, até o momento, segundo a PF, não há qualquer comprovação da participação do ministro Orlando Silva no suposto esquema.

O celular foi encaminhado para perícia e os resultados devem ser divulgados na próxima semana, segundo a PF. Em seu novo depoimento, nada mais foi acrescentado nas investigações. Ele continua afirmando que está sendo “ameaçado e perseguido” por conta das denúncias que apresentou à revista Veja, que publicou matéria na edição da semana passada somente baseada na entrevista feita com João Dias. No entanto, negou proteção especial.

O policial, que deve depor a uma comissão da Câmara dos Deputados nos próximos dias, acusou o ministro do Esporte, Orlando Silva, de integrar um esquema de desvio de verbas públicas do programa Segundo Tempo.

Nova reportagem sem provas

Na edição desta semana, a revista Veja transcreveu um diálogo que teria ocorrido em abril de 2008, entre João Dias e dois servidores do Ministério do Esporte. Na transcrição do semanário, eles combinam o envio de um documento à Polícia Militar desmentindo supostas irregularidades na execução de convênios firmados entre a pasta e ONGs controladas pelo policial.

Em nota divulgada neste sábado (22), o Ministério do Esporte questionou a apresentação da conversa transcrita pela revista da editora Abril. Segundo o texto, a pasta pedirá à PF para incorporar a gravação à investigação em andamento sobre o suposto esquema de desvio.

"A manipulação começa já na abertura da reportagem. A revista faz uma montagem e cola sobre uma foto do ministro a frase entre aspas: 'A coisa fugiu do controle', declaração que o ministro nunca fez", diz um trecho da nota.

Há pouco, o ministério divulgou nova nota informando que o "secretário-executivo do Ministério do Esporte, Waldemar de Souza, constituiu nesta segunda-feira, 24 de outubro, uma Comissão de Sindicância para investigar acusações publicadas pela revista Veja, nas páginas 88, 89 e 90 da sua edição número 2240, de suposto envolvimento de servidores do Ministério em irregularidades administrativas".

Fonte: Vermelho

Supostamente em queda nas pesquisas, prefeito recorre novamente ao eco da Floresta para ser ouvido

O prefeito de Tucuruí, Sancler Ferreira (PPS), ocupou neste sábado (22/10) os microfones de um importante programa radiofônico local para falar aos munícipes de Tucuruí. A justificativa do gestor foi anunciar a alvissareira notícia de que um convênio com Caixa Econômica Federal havia sido aprovado o que lhe daria sinal verde para iniciar a construção de mil casas populares. Há controvérsias.

Postagem no blog de um vereador da oposição afirma que Sancler estaria despencando nas pesquisas, o que leva a supor que a fala do prefeito tinha, na verdade, o objetivo de reacender o pavio de sua reeleição, apagado pelo vendaval de denúncias dos últimos dias. O prefeito, como bom amazônida, recorreu mais uma vez ao eco da floresta para ser ouvido. Ocupou quatro blocos do programa sem ser interrompido pelo tradicional “ok, ok” do apresentador, que corta como navalha qualquer raciocínio ou no mínimo faz seu interlocutor embaralhar as palavras. O programa que aos sábados vai das 12 às 13:30 h., dessa vez se estendeu até as 15 h.

Agora não vai dar, mas em breve estarei comentando com mais detalhes o teor da entrevista. Vale a pena ficar na espera.

Sequestro em Tucuruí

Um caso de sequestro que teria acontecido na noite da última sexta-feira (21.10) chamou a atenção dos moradores de Tucuruí. Um jovem, filho de um comerciante local, teria sido abordado por dois homens em uma moto dentro da vila residencial da Eletronorte. O fato aconteceu enquanto a vítima estava em frente a casa da namorada.

A abordagem violenta aconteceu por volta das 10 h. da noite. A namorada do rapaz teria se desesperado e entrado em luta corporal contra os sequestradores. Após serem assustados pela reação física e gritos da moça os bandidos conseguiram capturar o rapaz, que dirigia uma caminhonete. Tanto a vítima quanto o veículo teriam sido deixados em uma estrada vicinal do município do Breu Branco. A Policia até a manhã de hoje ainda não havia fornecido informações oficiais.

As informações foram repassadas pelo radialista Mauro Gomes através do Facebook. Mais detalhes a partir das 11 h. no seu programa A Tribuna do Povo, na Rádio Filadelfia FM.

"Furman nem pensar", disse dirigente petista

As prévias para escolha do pré-candidato do PT à prefeitura de Tucuruí estão marcadas para o próximo dia 04 de dezembro. Embora dirigentes e militantes sonhem com uma candidatura própria e trabalhem para torna-la viável, existe também a possibilidade de composição com outros partidos onde o PT não seja necessariamente “cabeça de chapa”.

Foi o que eu ouvi de um influente dirigente do partido no município. Acontece que essa elasticidade tem suas limitações. A possibilidade maior é de uma aliança com o PMDB, mas isso só é viável se o candidato for o Gualberto. “Cláudio Furman nem pensar”, foram as palavras do petista.

Tem muita gente duvidando da candidatura do Gualberto, mesmo com a movimentação irrefutável do ultimo encontro onde lideranças estaduais importantes vieram apresentá-lo oficialmente como o nome peemedebista para a disputa ao paço municipal.

As dúvidas se justificam numa possível posição privilegiada do ex-prefeito nas pesquisas às vésperas da escolha oficial (junho de 2012), porém esse não é o único elemento em jogo nesse xadrez político. É consenso que as chances do atual prefeito se reeleger se multiplicam na ordem inversa da divisão da oposição. Se uma aliança com o PT for considerada fundamental para a vitória do PMDB nas urnas há de se considerar o que disse o capa vermelha.

domingo, 23 de outubro de 2011

Contraditório: Vermelho faz propaganda da Veja

Ao publicar as denúncias do Policial Bandido sem mostrar provas, a revista Veja despertou a ira dos comunistas. Muitas criticas já vinham sendo feitas pela militância ao semanário, que é considerado um “panfleto da direita”. O próprio Orlando Silva e as bancadas do partido na Câmara e no Senado fizeram pesadas criticas. Como explicar então imensos banners de propaganda da revista no portal de noticias do PCdoB, o Vermelho? Alguma coisa está fora da ordem. Clique nas imagens para ver melhor:

Acesse o sítio do Partido: www.vermelho.org.br

sábado, 22 de outubro de 2011

Estréia no cinema: Sem saida chega ao Moviecom-Tucuruí um mês após lançamento

O filme que estreou no circuito nacional em 23 de setembro chegou somente esta semana ao Moviecom-Tucuruí. Antes tarde que nunca.

Leia a sinopse: O que você faria se encontrasse sua própria foto em um site de pessoas desaparecidas? O adolescente Nathan Harper (Taylor Lautner) é confrontado por esse dilema. À procura de sua identidade verdadeira, Nathan rapidamente descobre que seus pais estão muito longe de ser o que dizem que são. Quando a polícia, agentes do governo e figuras obscuras começam a persegui-lo, Nathan precisa buscar a verdade.

Assista os trailers: 01, 02, 03

Prévias do PT: candidato faz campanha no Facebook


O Partido dos Trabalhadores (PT) anunciou oficialmente as prévias que irão escolher seu pré-candidato às eleições majoritárias de 2012. A data marcada é o dia 04 de dezembro e os combatentes já se preparam para a disputa que promete movimentar a militância petista. Sem perder tempo um dos candidatos na disputa interna, o militante Alfredão do PT, já está em plena campanha no Facebook. Veja o que ele postou ontem:
Hoje fui questionado porque estou pré-candidato a prefeito nas prévias do PT em Tucuruí-PA. Respondi que simplesmente Tucuruí está gritando como uma criança abandonado por alguém que queira cuidar dela com respeito, seriedade e confiança e que não vai maltratá-la. E eu sei que Deus me sonda e sabe o que posso fazer por essa cidade que tanto amo, por isso que coloco-me a disposição do meu partido para que ele decida se posso representa-lo nas eleições 2012. Aguardem dia 4 de dezembro com Deus no comando veremos o escolhido.”
Alfredão deverá enfrentar os petistas Jones William, atualmente exercendo mandato de vereador, e Gil.

Dilma decide: ministro Orlando continua

Ministro Orlando Silva exige apresentação das provas por parte de seus acusadores
Pode até ser que o ministro dos esportes, Orlando Silva, venha a cair nos próximos dias, porém um fato importante e animador pra quem confia em sua seriedade e no projeto do Governo Federal é que após reunião com a presidente Dilma Roussef ontem a noite o ministro foi confirmado no cargo.

Passada praticamente uma semana que a revista Veja publicou acusações contra a pasta e o ministro, nenhuma prova foi mostrada pelo “PM Bandido”, como ficou conhecido o policial militar João Dias, que pretendia ser o algoz de Orlando, apesar de este já ter reunido com a bancada do DEMO/PSDB no Congresso, ter prestado depoimento na Polícia Federal, dado meia dúzia de coletivas à imprensa e ter marcado datas já vencidas para apresentá-las.

A imprensa e a oposição continuam ruminando as paginas da Veja e correm de um lado para outro tentando achar alguma coisa que o incriminem, mas até agora não apareceu nada de relevante, nada que ultrapasse suposições. "Nós esclarecemos todos os fatos. Trata-se de uma mentira, de uma farsa. Vamos trazer a verdade à tona", disse Orlando Silva em entrevista coletiva ao deixar o encontro. "Se houver algum tipo de desvio, algum tipo de mal feito, isso deve ser corrigido, deve ser combatido. Aliás, registrem: os caluniadores que me atacam neste momento, o fazem  porque nós combatemos o mal feito realizado por eles."

O PM João Dias responde a vários inquéritos por diversos crimes, inclusive de assassinato. Orlando afirma que o que o motivou a procurar a Veja para ataca-lo foi o fato do Ministério dos Esportes estar exigindo a devolução de 3 milhões desviados pela ONG do PM bandido, que atualmente mora numa mansão e ostenta carros de luxo incompatíveis com um salário de apenas R$ 4.500,00.

Mansão do PM João Dias
Obs: A fala de Orlando nessa reportagem foi recortada do portal UOL

quinta-feira, 20 de outubro de 2011

MEC desiste de aumento de número de dias letivos

A secretária de Educação Básica, Maria do Pilar Lacerda, anunciou nesta quinta-feira (20) pelo Twitter que o MEC (Ministério da Educação) desistiu da proposta de aumentar de 200 para 220 o número de dias letivos por ano. O "consenso", segundo ela, é "aumentar a carga horária" diária.
De acordo com Maria do Pilar, o texto a ser encaminhado para o Congresso vai propor o aumento na carga horária. Ela citou o exemplo do programa Mais Educação, que permite que escolas tenham até sete horas por dia de aula, mas disse que, a princípio, "podemos começar com 5 h/dia, no mínimo, para todas [as escolas]".
"Apos reunião no MEC no dia 18/10, com professores, alunos, gestores, parlamentares, pesquisadores, ficou claro que não teremos aumento dos dias letivos de 200 para 220. O consenso é aumentar a carga horária diária, e o Legislativo receberá  a proposta consensuada nesta reunião e assumida pelo MEC", afirmou a secretária na rede social.
Aprendizado
Um estudo apresentado pelo próprio ministério, em setembro, mostrou que um aumento de dez dias no ano letivo poderia elevar o aprendizado do aluno em até 44% no período de um ano. No entanto, um dos problemas para o eventual aumento no número de dias seria a atual estrutura física das escolas do país.
Fonte: UOL Educação

Hoje tem programa do PCdoB na TV

Hoje tem programa do Partido Comunista do Brasil (PCdoB) na TV. Gravado antes do escândalo provocado pelas declarações do PM bandido, teve que ser modificado às pressas para que o presidente da legenda, Renato Rabelo, e o próprio Orlando Silva pudessem abordar o caso. Não vai estar em casa na hora ou não vai ter tempo? Então clica aí e assista agora em primeira mão.


Coisas que só acontecem por aqui

Ui, como doi!!!
Agora o bicho vai pegar pro lado das lojas de material de construção. É que o Jatene está oferecendo Piso em 24 vezes. É mole? É pra acabar com a concorrência. Te cuida Divino Vaz, te cuida Azulão que o homem entrou no mercado.
E eu não sei o que aconteceu com o bairro Carajás. É buraco pra todo lado. Será que esse nome carrega essa sina? Já repararam que todo lugar que tem o nome de Carajás tem buraco? Bem, tem gente dizendo que não é bem assim. Os buracos seriam a mais espetacular obra do governo Sancler: um metrô. Será? Será que Tucuruí vai ter metrô e vai passar bem aqui na minha porta?
E a ultima, a mais nova novidade. O Sintepp foi hoje à Rádio Energia FM pra falar da greve e não pode falar. Censura? É claro que não. Simplesmente faltou energia. Hahaha. Pode? Me mata logo, parente! Não tem energia na Rádio Energia. É o fim da picada.
Saindo de lá foram pra Filadélfia FM onde falaram à vontade. É uma rádio iluminada com certeza. Na Floresta nem tentaram. É que há muito tempo não se ouve o eco da floresta sobre o que acontece aqui pelo município.

Proposta indecente: Jatene quer parcelar Piso em 24 meses

O que? Não pode ser verdade.
A vergonhosa proposta do Governo Jatene apresentada em mesa de conciliação chamada pelo Juiz Elder Lisboa prevê o pagamento do piso salarial em 24 meses. A direção do sindicato imediatamente rechaçou tal proposta,pois demonstra o desrespeito com a educação e os trabalhadores em greve contabilizada em 15 dias letivos. Esta foi a proposta mais vergonhosa e indecente retrocedendo entre todas apresentadas até hoje pelo Governo Jatene, com aval dos super-secretários Nilson Pinto e Alice Viana.

Quanto ao desconto dos dias parados o juiz declarou que julgou a abusividade da greve e não a sua ilegalidade, e afirmou que caso o Estado desconte os dias parados irá sentenciar a devolução do dinheiro descontado ilegalmente. É importante ressaltar que faz um discurso e pratica outro, pois sabemos que longe da mesa de negociação, o governo pratica através de seus diretores e gestores o assédio moral, ameaçando o corte do ponto e na frente na justiça alega outra prática.

Em nossa assembleia geral chamada para o dia 21 de outubro [sexta-feira], às 09 horas da manhã, na Praça do Operário serão apresentados os informes da audiência de forma esmiuçada para a categoria. “Sabemos que a categoria não concordará com esta postura ridícula do Governo Jatene, por isto vamos dialogar com a categoria e a sociedade para intensificar ações que demonstra que o Governo de Simão Jatene de fato é o verdadeiro intransigente nessa história”, afirma Williams Silva – Coordenador Geral do Sindicato.

Do sítio do Sintepp

As veias abertas do Bairro Carajás

Até ontem era possível circular com carro nessa rua
É um absurdo o que está acontecendo no bairro Carajás. A prefeitura abriu buraco em todas as ruas e não dá continuidade às obras. Eu já havia alertado aqui que bastava uma chuva para o caos se instalar por ali.

Não deu outra, a chuva dessa noite causou um verdadeiro desastre, pois o barro revirado transformou-se em lama, dificultando a circulação das pessoas e tornando impossível o acesso de carros e motos. É comum ver as pessoas com sacos plástico nos pés para enfrentar o lamaçal. A Secretaria de Obras tem que tomar uma providência.
Buracos abertos há dois meses causam transtorno à população

Tucuruí decide manter greve na Rede Estadual

Professores se manifestaram pela continuação da greve
Ontem os professores da Rede Estadual de Ensino do município de Tucuruí estiveram reunidos na Sede do Sintepp para discutir a greve que já se estende por 25 dias. Após os informes repassados pela direção da entidade foi feita a consulta e os trabalhadores da educação decidiram continuar com o movimento grevista.

Em Tucuruí apenas a Escola Simão Jacinto não parou e por isso foi alvo das criticas dos presentes, que consideram que a atitude não contribui para o êxito do movimento. Os professores reivindicam o cumprimento da lei que obriga o Estado a pagar o Piso Nacional, que é de R$ 1.187,00. Além do Piso, a categoria quer o cumprimento do Plano de Carreira aprovado no ano passado e que deveria ser implementado em janeiro desse ano.

Encaminhamentos

Hoje os professores estarão visitando as rádios locais para divulgar o resultado da reunião e convocar a categoria para se envolver mais na luta. Ontem mesmo, após a reunião, uma comissão visitou a Escola Simão Jacinto e seu anexo, que funciona no prédio da Escola Municipal Dulcimar Brito, para tentar convencer os professores daquela unidade de ensino a paralisar as atividades. Outra Assembleia foi marcada para o dia 26 (quarta-feira) quando será feito novo balanço do movimento grevista.

Existe ainda proposta de incorporar a União dos Estudantes de Tucuruí (UNEST) e os Grêmios Estudantis nas manifestações uma vez que também se reivindica a melhoria nas condições de ensino.

quarta-feira, 19 de outubro de 2011

Foto-síntese: cadê o Código de Postura do Município?

Clique na imagem para ampliar
Na Av. Sete de Setembro uma oficina automobilística utiliza a calçada para fazer reparos nos carros dos clientes e pra facilitar a mão-de-obra abriu um “rasgo” que põe em risco os transeuntes. Cadê o Código de Postura desse município?

Assembléia dos professores discutirá greve


Hoje (19/10) tem Assembleia dos professores da Rede Estadual de Ensino para discutir a greve. A reunião acontecerá a partir dar 18 h. no auditório do Sintepp, que fica próximo à Pça. da Bica. Em Belém a paralização começou no dia 26 de setembro e em Tucuruí a maioria das escolas estão paradas desde 10 de outubro. O que está em jogo é o cumprimento do Plano de Carreira (PCCR) e o cumprimento do piso nacional de R$ 1.187,00.

terça-feira, 18 de outubro de 2011

A categoria não abre mão em entrar na Alepa e conquista espaço no legislativo

O Ato público realizado na última terça-feira (18) em frente a ALEPA demonstrou mais uma vez a força de nossa categoria, que após 23 dias de greve não se curvou perante o Governo Jatene, que tenta a todo custo desmoralizar os profissionais da educação do Pará, quando não cumpre a decisão do STF. Indignados vários trabalhadores ocuparam o plenário para cobrar apoio dos parlamentares que não se posicionaram em favor da greve da categoria por pura omissão.

Mesmo sendo uma manifestação pacífica e justa, a segurança da casa legislativa desrespeitou com truculência os manifestantes tentando impedir nossa entrada no plenário. A categoria não se intimidou e revidou com contundência o tratamento dado aos educadores. “A manifestação é pacifica e não aceitaremos ser desrespeitados ao querermos adentrar a casa do povo”, disse Antônio Netto Secretario de Comunicação do Sindicato.

Após o tensionamento por parte dos seguranças militares e assessores de alguns parlamentares da ALEPA, a categoria conseguiu furar o cerco reunindo com os líderes de bancadas que se propuseram em mediar as negociações com o Governo, haja vista que amanhã haverá uma reunião de tentativa de conciliação na justiça com representantes do governo e do comando grevista, sendo acompanhado por uma comissão de deputados formada para acompanhar as negociação.

Do sítio do Sintepp

O povo tá com sede: Getat quer água nas torneiras

O que pautou a sessão da Câmara Municipal hoje foi o protesto dos moradores do Getat, o bairro mais populoso de Tucuruí. A manifestação que iniciou em frente á casa legislativa terminou dentro da galeria onde os moradores assistiram às discussões da tribuna com baldes e cartazes nas mãos.
Um dos lideres da manifestação disse em entrevista ao blog que os moradores daquele bairro sofrem há anos com a falta de água, mas que na atual gestão a coisa piorou. Faz quase 15 dias que a água não aparece nas torneiras.
A sessão acabou com uma grande discussão entre os vereadores da base aliada e da oposição. Para os governistas, a responsabilidade é dos governos passados e para a oposição a causa de tudo é a corrupção existente na atual administração municipal.
Se me permitem uma opinião, os que passaram podem até ter culpa nesse cartório, mas a solução agora cabe ao atual prefeito, Sancler Ferreira. Afinal, quando se candidatou sabia dos problemas e se colocou como alternativa para eliminá-los. Não cabe agora discutir o passado, afinal um bom governante não pode governar olhando para o retrovisor.
Com baldes nas mãos moradores ocupam a galeria da Câmara

A farsa desmontada: tucanos defendem Orlando Silva

Até agora, dois deputados da oposição defenderam o ministro dos Esportes, Orlando Silva, que depõe neste momento na Câmara sobre denúncias de corrupção.
O deputado Carlos Sampaio (PSDB-SP) elogiou a disposição do ministro de comparecer à Casa para prestar esclarecimentos, e afirmou que não há qualquer prova de irregularidades na pasta.
Já o deputado e delegado Fernando Francischini (PSDB-PR) disse, ainda no início do depoimento, que interrogou muitos bandidos, e não vê nos olhos do ministro indícios de culpabilidade.

Fonte: Poder On Line

Min. Orlando Silva é aplaudido no Congresso

Min. Orlando Silva é aplaudido no Congresso Nacional ao mostrar que o Ministério dos Esportes está exigindo a devolução do dinheiro desviado pela ONG do policial que o acusou. “Ele acusou e não mostrou as provas por que não as tem. Quem combate a corrupção é o Ministério dos Esportes. Quem tem provas dos desvios somos nós e estão aqui”, mostrou. A audiência foi veiculada ao vivo pela parabólica no canal NBR, do Governo Federal, e na TV Câmara pela internet.

Cresce emprego no Pará. Tucuruí tem saldo negativo

Segundo a Ag. Pará de notícias, o Estado continua com saldo positivo na geração de empregos formais e esse crescimento tem acontecido principalmente no interior. Qual surpresa? Tucuruí está entre os poucos que apresentam índices negativos juntamente com Jacundá e Benevides.

"Nos últimos 12 meses, a maioria dos postos de trabalho gerados no Pará (saldo total de 46.232) ocorreu no interior do Estado. Desse saldo, 39% foram obtidos na Região Metropolitana de Belém (18.194 postos). O restante - mais de 60% ou 28.038 postos - foram gerados no interior do Estado (...).

(...) O destaque foi Belém (capital): mais 11.355 postos de trabalho, o que corresponde a 24,56% do saldo total de postos (46.232) gerados no Pará nesse período. Os municípios que foram destaque na geração de empregos, nos últimos 12 meses, depois de Belém, foram: Ananindeua (saldo positivo de 5.799 postos), Marabá (4.538 postos), Parauapebas (3.226 postos), Altamira (2.409 postos), Santarém (2.021 postos), Breves (1.363 postos), Barcarena (1.346 postos), Tailândia (1.203 postos), Moju (1.171 postos), Paragominas (1.160 postos), Castanhal (1.116 postos). Mas nesse mesmo período, alguns municípios apresentaram saldos negativos de empregos formais: Tucuruí (menos 1.992 postos), Jacundá (menos 192 postos) e Benevides (menos 183 postos)."

O estudo foi feito pela Secretaria de Estado do Trabalho, Emprego e Renda (Seter) em associação com o Departamento Intersindical de Estudos Socioeconômicos (Dieese-PA).

Um novo tempo, apesar dos perigos (...).

Com informações da Ag. Pará. Leia matéria completa

Ministério do Esporte cobra R$ 3 mi de PM que faz acusação via Veja

Policial militar João Dias Ferreira teria desviado dinheiro de dois convênios com Ministério do Esporte que atenderiam jovens e crianças. Pasta aciona TCU e cobra devolução de R$ 3,1 milhões. Em retaliação, policial, réu em ação do Ministério Público, diz à Veja que esquema no Esporte favorece PCdoB. 'Reportagem é farsa e fonte é bandido', diz Orlando Silva.

André Barrocal

BRASÍLIA – O ministério do Esporte está cobrando R$ 3,1 milhões do policial militar João Dias Ferreira, que foi preso no ano passado por desvio de recursos federais e, neste fim de semana, em reportagem da revista Veja, acusa o ministro Orlando Silva de montar e operar um esquema de corrupção na pasta.

Mininstro Orlando Silva
O dinheiro que o ministério tenta reaver foi repassado à Associação João Dias de Kung Fu e à Federação Brasiliense de Kung Fu. As entidades assinaram acordo com o Esporte, em 2005 e 2006, respectivamente, para participar do programa Segundo Tempo. Neste programa, os conveniados são financiados para atender jovens e crianças com atividades esportivas depois das aulas.

Segundo o ministério, porém, não teria havido prestação de serviços pelas entidades. A pasta suspendeu os repasses em junho de 2010 e decidiu fazer uma investigação específica sobre o que aconteceu, chamada de Tomada de Contas Especial.

O processo foi enviado ao Tribunal de Contas da União (TCU). Neste processo, o Esporte diz que João Dias e as duas entidades precisam devolver R$ 3,1 milhões. A descoberta das irregularidades custou ainda uma ação civil pública contra o policial, ajuizada pelo Ministério Público Federal.

Para Orlando Silva, este são as motivações de João Dias para ter contado à Veja que haveria suposto esquema corrupto no ministério. “A reportagem é uma farsa. A fonte é um bandido, um criminoso”, disse Silva em entrevista neste sábado (15) em Guadalajara, no México, onde, desde o dia anterior, estão sendo realizados os Jogos Panamamericanos.

Na reportagem, João Dias diz que 20% de todos os convênios do Segundo Tempo eram desviados, por determinação de Silva, para abastecer o PCdoB, partido do ministro e do policial. A matéria diz ainda que o próprio Silva receberia na garagem do ministério verba desviada. Quem faz esta denúncia específica é um funcionário de João Dias, Célio Soares Pereira.

Depois da publicação da reportagem neste sábado (15), o ministro do Esporte procurou a presidenta Dilma Rousseff para dizer que as denúncias não passam de “calúnia” feita por “pessoa desqualificada”. Também pediu ao colega da Justiça, José Eduardo Cardozo, que a Polícia Federal apure as denúncias.

Ele disse que também vai entrar com ação penal contra os personagens da reportagem. “Não podemos ser paralisados por alguém que faz um ataque vão e que, infelizmente, consegue espaço para repercutir”, disse Silva.

Fonte: Carta Maior

segunda-feira, 17 de outubro de 2011

Prêmio Jabuti seleciona os melhores livros do ano

Ferreira Gullar, José Castello e Marina Colasanti concorrem ao premio de melhor ficção 2011
A Câmara Brasileira do Livro (CBL) anunciou, nesta segunda-feira (17), os livros do ano nas 29 categorias laureadas pelo 53º Prêmio Jabuti. A última etapa do prêmio acontece no dia 30 de novembro, durante a cerimônia de premiação dos vencedores, quando serão conhecidos o Livro do Ano Ficção e o Livro do Ano Não Ficção, prêmios máximos do Jabuti.
A edição 2011 do Jabuti tem 8 categorias a mais do que em 2010 e passou por mudanças no regulamento, após a polêmica em torno do prêmio concedido a Chico Buarque. O romance do escritor e compositor, "Leite Derramado", segundo lugar na categoria romance, levou o grande prêmio de ficção do Prêmio Jabuti em 2010, gerando reclamações e até uma petição on-line para que Chico devolvesse o prêmio. Nesta edição, cada categoria teve apenas um vencedor – antes, as três publicações mais bem votadas podiam ser premiadas.
Siga lendo no Portal UOL

Ministro Orlando Silva desafia a Veja

O Ministro do Esporte, Orlando Silva, concedeu entrevista à ESPN dizendo que acionou a Polícia Federal para colocar as denúncias da revista Veja contra si em pratos limpos. Agora é hora do tira-teima: quem estiver mentindo cai. O ministro diz que a reportagem da Veja é uma farsa e que a fonte que faz as denúncias é um bandido, um criminoso que já foi preso (Operação Shaolin). Disse que vai processar todos que caluniariam, e que acionou a Polícia Federal para apurar todo o conteúdo publicado na revista contra ele mesmo.

É verdade que a corrupção é um dos grandes problemas do Brasil, mas também é verdade que a Veja vem tentando a todo custo desestabilizar o governo da presidente Dilma. Essa revista ficou desmoralizada na última reportagem que fez contra o ex-ministro José Dirceu e agora tenta obter sucesso contra Orlando Silva. Amanhã será outro e depois outro e outro, até conseguir seu objetivo.

Achei positiva a forma como o ministro dos esportes encarou a denúncia, com sobriedade e espirito democrático. Ele diz que segue sua agenda normal e conta com o apoio da presidente Dilma. Quem acusa fica com o ônus da prova.

Com informações de TV Amigos PL, Canal do You Tube