quinta-feira, 29 de setembro de 2011

Na desvantagem, Galo mira reação

Independente luta para sobreviver no brasileirão
Depois de voltar do interior amazonense com a derrota por 1 a 0, o Independente precisa concentrar suas forças para a partida de volta das oitavas de final do Brasileirão da série D.

Entretanto, o técnico Charles Guerreiro não poderá contar com a força máxima da equipe para a partida decisiva contra o Penarol (AM) no próximo domingo, em Tucuruí. Charles tem sérios problemas para montar o sistema defensivo do time. Além do ainda lesionado Guará, o lateral-direito Lima e zagueiro Marraquete receberam o terceiro cartão e estão de fora do jogo no estádio Navegantão. Por isso, na espera do Guará, Charles deverá improvisar o volante Silva na defesa, no lugar de Marraquete. Para o lado direito do time, entrará Valmir.

O Galo Elétrico precisa vencer a partida seguinte por dois gols de vantagem, no mínimo, para passar direto rumo as quartas de finais da competição. Qualquer vitória por um gol de diferença, sofrendo gols, classifica o time amazonense. Detalhe: jogando no Navegantão, o Independente marcou oito gols em quatro jogos, gerando a média de dois gols por partida. Então, se o alviverde de Tucuruí mantiver essa média tem grandes chances de classificação.

Charles Guerreiro já conversou por um bom tempo com seus atletas frisando que o time precisa ser mais objetivo e não desperdiçar as oportunidades de gol, o que ocorreu em Itacoatiara. Segundo fontes, Charles Guerreiro estaria insatisfeito com a falta de gols do atacante Leandro Guerreiro. Até agora, ele marcou apenas um tento pelo Galo. Wegno pode substituí-lo.

Fonte: Diário do Pará

Nenhum comentário: