sexta-feira, 9 de setembro de 2011

Dep. Asdrúbal Bentes é condenado a três anos de prisão

Dep. Asdrúbal Bentes
O deputado Asdrúbal Bentes (PMDB-PA) foi condenado, nesta quinta-feira (8), pelo STF (Supremo Tribunal Federal) a três anos de prisão, em regime aberto, sob a acusação de pago cirurgias para esterilização de mulheres no Pará em troca de votos, em 2004. O parlamentar ainda terá de pagar R$ 7.500 em multas.
De acordo com a denúncia do MPF (Ministério Público Federal), o parlamentar ofereceu laqueaduras tubárias a eleitoras durante a pré-campanha para a Prefeitura de Marabá, em 2004.
Leia matéria completa no R7

Um comentário:

Anônimo disse...

Tião Miranda, atualmente deputado estadual,deve estar soltando foguetes de alegria, ele que foi vencedor nesta eleição, foi um dos principais articuladores desse processo contra o seu Asdrúbal,que por sua vez foi um dos principais articuladores do processo que resultou no afastamento do seu Tião da Prefeitura de Marabá, por um período de 5 meses,seu Tião foi acusado, entre outra coisas de trocar cestas básicas por votos.