sábado, 3 de setembro de 2011

Defensora pública de Tucuruí lança livro sobre violência doméstica e familiar

Abordar os aspectos que norteiam a Lei Maria da Penha e suas peculiaridades, bem como fazer um estudo de sua aplicabilidade nos casos que envolvem violência doméstica, esse foi o intuito da Defensora Pública Milene Moreira Castro, ao lançar o livro: “Violência doméstica e familiar".

Segundo a Defensora Milene Moreira, que atua na Defensoria Pública de Tucuruí, a ideia do tema do livro surgiu na época em que ela fazia sua dissertação de mestrado. “Minha monografia abordava esse tema, então resolvi transformá-lo em um livro. A Lei Maria da Penha é um assunto muito polêmico, pois há a necessidade de saber se a lei funciona na prática e como é aplicada nos casos que a norteiam”, explicou Milene.

Ainda segundo Milene Moreira, a satisfação de colocar em prática um projeto como esse é imensurável. “Estou extremamente feliz, e está sendo muito gratificante a realização deste trabalho. A abordagem do tema acaba sendo uma contribuição social, pois sabemos que a violência doméstica e familiar é muito frequente e tornou-se um assunto presente no cotidiano de muitas famílias”, frisou.

Milene Moreira acrescentou ainda que atende muitos casos referentes à Lei Maria da Penha, e isso foi um fator a mais para reforçar a ideia de lançar um livro sobre o assunto. “Aqui na Defensoria de Tucuruí atendo inúmeros casos que envolvem o tema, e senti a necessidade de abordar este assunto de forma mais específica, até mesmo para fazer com que a sociedade esteja mais ciente do assunto”, detalhou a Defensora.

O lançamento do livro “Violência doméstica e familiar - Lei Maria da Penha e o Princípio da Igualdade e Dignidade da Pessoa Humana” pela Editora “Nuria Fabris” foi realizado no último dia 23 de agosto, em Tucuruí, mas será lançado novamente no dia 7 de setembro, na Associação dos Defensores Públicos do Pará - ADPEP.

Edilena Lobo - Ascom Defensoria Pública
Fonte: Agência Pará

Nenhum comentário: