domingo, 11 de setembro de 2011

11 de setembro: solidariedade aos povos árabes

Mães e esposas choram as mortes promovidas pelos EUA nos países árabes
Nesse dia 11 de setembro, enquanto a imprensa direcionada pelas grandes fortunas e a favor do aculturamento da nossa gente participa da midiática comoção promovida pelos amigos do império decadente, proponho solidariedade aos povos árabes. Estes sim vítimas de invasões criminosas, bombardeios covardes e massacres genocidas promovidos e apoiados pelos EUA. O episódio de 11 de setembro deve ser visto como uma reação às atrocidades promovidas pelos norte-americanos e suas vítimas devem ser computadas como vítimas da ambição do próprio império.

Um comentário:

Zé Ruela disse...

Até concordo em partes,mas um erro não justifica outro.Não devemos generalizar,pois não foi o povo norte-americanos que cometeu tais atrocidades,e sim seus governantes.Igualmente fazem os governantes árabes em detrimentos dos direitos dos palestinos,que vivem comprimidos e humilhados(num total de quase dois milhões de habitantes),numa pequena área chamada de Gaza,fora outros que vivem em outros países como cisjordânia e Jerusalém oriental.