quinta-feira, 9 de junho de 2011

A volta do Baré

Sucesso entre os paraenses nos anos 80 e 90, o baré está de volta
Lembro ainda dos velhos tempos de estudante na capital paraense. Quando saiamos da escola, uma parada era obrigatória na padaria da esquina onde a pedida era “um baré e meio pão com manteiga”. Não sei se em Tucuruí o “fenômeno Baré” também aconteceu. A garrafa era no mesmo estilo da de cerveja. Será que era isso que viciava a moçada? Lembro ainda que existia o Baré tuti-fruti e o cola, sendo que o primeiro fazia mais sucesso.
Bem, para os saudosos, tenho uma boa notícia: O Baré está de volta! Tive uma surpresa ao passear pelos corredores de um dos supermercados da cidade e dar de cara com uma garrafa pet de Baré sorrindo na prateleira. Não era mais aquela velha garrafa semelhante à de cerveja, o rotulo também estava bastante diferente, com uma cor meio sanclerizada, e em vez de tuti-fruti o sabor era guaraná. É claro que o fenômeno dificilmente se repetirá, porém mesmo assim é bom lembrar daquele tempo em que a coca-cola andava meio preocupada com a “estranha” opção dos paraenses.

Saiba mais

O refrigerante Baré, é uma marca que pertence a AmBev com nome inspirado na tribo de índios Barés, da região de Manaus, no sabor guaraná. Caracteriza-se por sua garrafa de 600 ml de cor âmbar, semelhante às adotadas para distribuição de cerveja no Brasil, e que posteriormente foi lançado em versão de garrafas PET de 2 litros.
Em 1987 foram lançados os sabores de tuti-fruti e noz-de-cola. Com a criação da “Companhia de Bebidas das Américas” (AmBev), através da fusão entre as empresas Companhia Antarctica Paulista e Companhia Cervejaria Brahma, aprovada em 2000, o refrigerante Baré deixou de ser comercializado em algumas regiões do Brasil.
Atualmente é comercializado somente na região da Amazônia no sabor guaraná. É um dos refrigerantes mais populares da região, competindo com a forte Coca-Cola. As versões tutti-frutti e Noz-de-cola, foram descontinuadas. Em julho de 2010 foi anunciado o lançamento do Guaraná Baré na versão em lata de 350ml.

Com informações do sítio www.wikipedia.org.br

3 comentários:

Zé Ruela disse...

O Senhor é meio velho,hem!

Anônimo disse...

kkkk

Anônimo disse...

kkkkkkk...."meio pão com mateiga"?....kkk