sábado, 21 de maio de 2011

Resultado da enquete sobre a divisão do Pará

Na enquete que fiz aqui no blog sobre a divisão do Estado deu 82% a favor e 17% contra. Parece que existe uma ansiedade por desenvolvimento por aqui já que, no senso comum das pessoas, dividir o Pará significa desenvolver a região.
Eu mesmo tenho muitas dúvidas. A principio sou a favor, embora seja de Belém. Vou esperar o debate esquentar pra formar minha opinião final. Acho que tem muita coisa ainda para ser debatida.

11 comentários:

Anônimo disse...

Apesar de morar em Belém,eu tambem sou a favor,pois só quem conhece essa região como a trazamazonica,sabe o que é dificuldade de ir e vim desse povo sofrido dessas bandas.
Diferente de pegar um onibus e chegar rapidinho em um shoping da capital,é or isso que a maioria de Belém são contra,dou uma semana eles morando em medicilandia em época de chuva para mudarem de opinião rapidinho.

Anônimo disse...

Embora seja visitante constante do blog e sempre participe das enquetes e poste comentários, desta eu não participei pois não percebi aopção indecisos, que é exatamente como estou me sentindo, estou sempre lendo e procurandome informar sobre o assunto mas confesso que ainda não tenho certeza quanto à prática dos benefícios que esta divisão supostamente trará, até porque os políticos continuarão os mesmos e eles é que compõem a maior parte do problema.

Anônimo disse...

A aqueles que são contra ou aos indecisos, dou uma ideia! que tal morar em uma Cidade igual a Santa Maria das Barreiras que fica a mais de 1000 (Mil) Kilometros da capital Belem. Dou um dia de estadia em uma cidade dessa pra a Pessoa mudar de opnião. A Criação do Estado de Carajás se faz necessária, pela inoperancia de todos os Governos que assumem o Palácio dos despachos tem como base apena as ajcencias de Belem como o resto do estado fosse uma pedaço desgarrado da porção que tem acesso as praias salgadas e aos shopings da capital. CARAJÁS JÁ!!!!!!!!!!!!

Prof. Augusto Magalhães disse...

Quando o debate esquentar vou refazer a enquete, agora colocando indecisos como opção. Realmente não me atentei para esse detalhe importantissimo.

Cláudio Alfonso disse...

Com uma gestão incompetente não importa o tamanho do estado vai continuar pobre e subdesenvolvido. Tendo uma boa gestão grandes estados podem fazer valer a sua força, vindo da sua riqueza mineral, populacional, etc. Quem quer a divisão do são aqueles espertos de olho em cargo público! Principalmente os políticos e seus agregados.

Anônimo disse...

O anônimo das 21:18 coloca como se indecisos e contrários fossem exatamente a mesma coisa, não se trata disso, tratá-se de termos certeza na hora de uma decisão tão importante como essas quanto aos benefícios que uma divisão territorial, que não é tão simples assim, pode mesmo trazer. Não sou nenhuma especialista no assunto, mas tenho certeza de que não é só uma questão de dimensões geográficas que vai resolver todos os problemas, nem pra Belém, que também não tá com essa bola toda não e nem pro interior do estado, onde aliás é onde eu moro e já venho acompanhando essa discussão há pelo mesnos uns 17 anos. Ter certeza quanto a decisão na hora de votar significa também ter mais empenho pra cobrar as melhorias propostas.

Anônimo disse...

Concordo plenamente com o Claudio Alfonso.
Quem afirma que todos os que governaram o estado do Pará foram inoperantes em relação ao interior do Estado, e assim, justifica o seu voto a favor da divisão está confirmando que há irregularidades porque o Estado é territorialmente extenso.
Ao que venho estudando sobre o assunto, não é o que acontece na prática, se observarmos, modelos de gestão em Estados brasileiros e Países estrangeiros. A questão é que a divisão não é garantia para o desenvolvimento da população, pelo contrário, a ganância dos políticos e aproveitadores certamente imperará, e povo continuará a sofrer as mazelas da corrupção e do abandono por partes dos que governam as cidades, e os Estados quase divididos pela classe política do nosso País. Não é a toa que eles defendem com tanto empenho, somando-se aos interesses dos empresários que estampam em seus veículos adesivos a favor da divisão do Estado.
Espero que o povo do Pará não se deixe enganar por esta "conversa pra boi dormir".
Podemos pagar um preço muito alto por nossa falta de percepção ao assunto.

Anônimo disse...

Concordo plenamente com a pessoa que postou um comentário em 30/05/11 às 21:15 horas, se o problema fosse a imensidão de extensão territorial que o Pará tem, os estados do nordeste não teriam problema algum. E quanto aqueles que acham que quem mora em belém só pensa em ir para o Shopping passear, é PURO engano, tem muita gente que rala muito e passa pelos mesmo problemas do interior: falta de água, de colégios,de hospitais, saneamento, emprego, oportunidades melhores, enfim na minha opinião o que que tem que ser analisado com urgencia é a eficiencia dos nossos políticos que prometem tanto coisa, dão falsas esperanças e o povo sempre embarca na "canoa furada" deles. A Divisão só será boa para aqueles que visam lucrar do forma rápida e para aqueles politicos que não querem fazer seu trabalho e merecer o dinheiro que pagamos pra eles todos os meses buscarem melhoria para todo o Estado do Pará e não só para os seus aliados.
Valeu galera. Um abraço.

selma matos disse...

Aqui no interior não temos educação, emprego falta pesperctivas de vida para os moradores da nossa região, está na hora da mudança vote SIM, porque vcs estão com tanto medo da divisão só quem mora aqui para saber o quanto e dificil, pessoas morrem por falta de médicos especialistas: aqui vivemos pelas graças de DEUS nossa capital de quem mora aqui e Goiânia, qdo temos problemas de saúde temos que procurar Araguaina ou Goiânia. porque aqui e tudo jogado para cobras e uma falta de humanidade com proximo.

Paulo Neves (Auxiliar de Exportação) disse...

Prezados Anonimo!!

Porque dividir ? se podemos multiplicar e se tornar ainda maior, não criem falsas ilusões politicas pois promesas o vento leva, é hora de dar um basta nestes politicos hipocritas que querem encher seus bolsos com dinheiro do povo e dos empresários locais das regioes sul e suldeste do pará que são os unicos que se beneficiarão com a divisão do estado. Eu digo não!!!!!!! basta , ladrões fora ja !!!!!

Cleideane disse...

Prezado Paulo Neves!!

Gostaria só de fazer uns esclarecimentos a vossa senhoria.
Este anseio de dividir não vem só de políticos,mas também da população, que está cansada de ser sucateada, onde o Pará um Estado pobre que não consegue resolver os problemas da capital (que elegem os políticos ladrões que compõe a ALEPA hoje), imagina como é as nossas vidas que não conseguimos eleger ladrões suficientes para nos defendermos e repartir os recursos do Estado de forma mais igualitária. Tudo bem você considerar que sua vida está ótima, mas daí manchar nossa luta, como se fosse coisa de gente de outras regiões e de políticos ladrões, você está exagerando e muito. Pois isso também é coisa minha que nasci aqui e sou a favor, sempre serei, se não for dessa vez continuarei lutando, pelo direito de ter mais político ladrão que defenda meus interesses também, se para isso tiver que separar que seja. Agora quero deixar bem claro que isso também e um problema meu, se tivermos que no inicio sobreviver com deficts, sobreviverei com muito orgulho, pois eu faço parte dessa historia, não vejo a hora de preencher um campo NATURALIDADE? ITAITUBA (TAPAJÓS)!!!!!!!!!!!!!!!!!