sábado, 30 de abril de 2011

Obra paralisada gera protestos em Tucuruí

Moradores fecham avenida no Getat
Moradores do bairro Getat fecharam ontem (28/04) de manhã a avenida Minas Gerais para protestar contra a Prefeitura de Tucuruí. O protesto reuniu populares e lideranças dos bairros Nova Conquista, Getat e Terra Prometida, que fecharam a principal via de acesso que interliga os bairros com o centro da cidade, causando um enorme congestionamento.
Os manifestantes atearam fogo em pedaços de pau e pneus velhos. A manifestação durou cerca de três horas e aconteceu porque moradores da travessa Alcobaça tiveram suas casas alagadas devido ao transbordamento do igarapé Santana, que corta aquela localidade.
Segundo moradores, o igarapé teria transbordado não somente pelas fortes chuvas que caíram em Tucuruí nos últimos dois dias, mas principalmente porque a Secretaria Municipal de Obras não concluiu o sistema de drenagem no bairro Nova Conquista.

PARADA

A obra está parada há 30 dias e tem servido somente para acumular água suja. “Como o fosso escavado na rua transbordou, todo o lixo desceu morro abaixo e alagou as casas junto com as águas do igarapé”, reclama a moradora Francisca Ferreira.
Para “Gordo”, líder comunitário do Getat, “a obra já devia ter sido entregue no início do ano. No entanto, estamos olhando a formação de uma lagoa e criadouro de mosquitos”.

Um comentário:

Anônimo disse...

tá doido professor quer ser preso e processado o hones wilian foi processado porque disse que a obra tava atraxzada? mais um na prisão bosco jones e esse rofessor de