quinta-feira, 14 de abril de 2011

Será o Roque Serrote?

Acima, o Roquevan prometendo implodir a barragem da UHT. Abaixo, o Nero Brasileiro.
Vocês já viram a foto do cara que pôs fogo na bandeira nacional, em Brasília? Não parece o nosso querido Roque Serrote? Compare.
Tá mais por fora do assunto que bunda de índio? Então clique aqui.

Um comentário:

Anônimo disse...

Roque Serrote pode ser o seu “querido” mas nunca será o “nosso querido”. Estas duas pessoas possuem claras características do “homem delinqüente” definidas pelo professor universitário e criminologista italiano Cesare Lombroso, nascido a 6 de novembro de 1835, em Verona e que tornou-se mundialmente famoso por seus estudos e teorias no campo da caracterologia, ou a relação entre características físicas e mentais em que tentou relacionar certas características físicas à psicopatologia criminal, ou a tendência inata de indivíduos sociopatas e com comportamento criminal.

Entre seus livros estão “O Homem Criminoso (1876)” e “O Crime, Suas Causas e Soluções (1899)” que no século 19 já previa o aparecimento do novo Nero, rebatizado como Roquevan.