sexta-feira, 25 de março de 2011

Novas carteiras do MEC chegam às escolas de Tucuruí

Aluno comemora a chegada das novas carteiras enviadas pelo MEC
As escolas municipais de Tucuruí estão recebendo carteiras novas compradas pelo Ministério da Educação (MEC). Hoje o mobiliário desembarcou na Escola Telles de Menezes causando surpresa na comunidade escolar que parecia não acreditar no que via. São carteiras de qualidade num padrão estipulado pelo MEC que se baseou nas determinações da Associação Brasileira de Normas Técnicas (ABNT).
Inicialmente, o MEC está adquirindo um milhão de conjuntos para o aluno – formados por uma carteira e uma cadeira. Os conjuntos estão sendo distribuídos para as escolas públicas dos municípios prioritários definidos no Plano de Desenvolvimento da Educação (PDE).
O projeto é composto pelo conjunto do aluno (carteira e cadeira), conjunto do professor (mesa e cadeira) e por mesa acessível para estudantes com deficiência. A carteira e a cadeira do aluno têm três tamanhos, conforme o nível de ensino, cobrindo toda a educação básica.
Segundo o Presidente do Conselho Municipal de Educação, José Rodrigues, a contrapartida da prefeitura de Tucuruí nesse projeto foi de 1%.

Valorização do professor

Esse é o retrato fiel da valorização do professor. As carteiras escolares chegaram e são bem vindas, mas o lugar do professor ficou lá, intacto, sem mudanças. Espero ter queimado minha língua e amanhã ter que postar aqui a nova mesa daquele que a presidente Dilma proclamou em seu discurso de posse como a maior autoridade na educação.

3 comentários:

Anônimo disse...

O Sancler já vai dizer que foi ele que comprou, com recursos próprios do municipio e aparecer na tv se mostrando.

E outra... essas carteiras são do jeito que as crianças gostam, bem branquinhas, prontas pra elas aprenderem a escrever os seus nomes.

Anônimo disse...

As normas da ABNT não incluem professores e nem alunos do ensino médio ?!?!

Anônimo disse...

A Educação hoje em Tucuruí nos níveis Fundamental e Médio, está numa situação de aprendizagem calamitosa;quando se passa muito trabalho de equipe e apostilas,alguma coisa está errada;pelo menos é o que eu vejo com minha filha que é estudante,ou não se tem planejamento escolar, ou é porque se tem muitas paralisações.Temos que rever os conceitos.