quinta-feira, 31 de março de 2011

Dessa água não beberei

Você bebe água na escola ou mesmo em casa consome água que vem direto da torneira? Se a resposta for sim, então você corre sério risco de saúde. O vídeo acima mostra um filtro residencial que é limpo uma vez por semana. Não resta dúvidas de que a água servida em Tucuruí é imprópria para o consumo humano.
Segundo o prefeito Sancler Ferreira, em entrevista recente a uma rádio local, encontra-se em fase de conclusão as obras da tão sonhada estação de tratamento que deverá entrar em funcionamento ainda em abril.  A obra é realizada com recurso federal, via Eletronorte. Não quero dar uma de São Tomé não, mas só acredito vendo.

Estudantes do Rui Barbosa botam UNEST pra correr

A movimentação do Grêmio Livre Estudantil do Rui Barbosa - Ensino Médio para barrar a entrada da UNEST na escola deu excelentes resultados. Fiquei sabendo que ontem os parasitas tentaram entrar nas salas de aula para vender as famosas carteirinhas de meia entrada e foram “detonados” pelos questionamentos dos alunos que agora estão de olhos bem abertos.
O grêmio se adiantou passando em sala, distribuiu panfletos e alertou estudantes, professores e a direção sobre as irregularidades na entidade. Os professores também contribuíram. Muitos não permitiram a interrupção das aulas para a entrada da UNEST em sala. Com a moral baixa, só restou a eles dar meia volta e ir cantar noutra freguesia.
O exemplo deve ser seguido pelo IFPA, que tem um grêmio igualmente atuante. Lá os estudantes também estão se movimentando para barrar a entrada da UNEST. As barricadas estão surgindo e o cerco está se fechando. É democracia estudantil em vista.

Prestobarba para Kadafi, óleo de peroba para a UNEST


 A fortuna de kadafi já soma US$ 70 bilhões. Bem que ele poderia comprar um prestobarba. Cinco anos da atual direção da UNEST explorando o comércio de carteirinhas em Tucuruí já deve dar pra comprar alguns litros de óleo de peroba.

Os estudantes estão comparando a ditadura da UNEST com a do presidente líbio Omar Kadafi. É que ambos insistem em permanecer irregularmente no poder. Eles já vão completar 5 anos à frente da entidade sendo que foram eleitos para um mandato de 2 anos. Os líderes do ajuntamento, pelo que se sabe, estão encastelados na Escola Ribeiro de Souza, onde renovam a matrícula ano após ano, fazendo questão de serem reprovados para permanecerem no ensino médio. Outra tática é se matricular em cursos técnicos, pois dizem que a entidade também representa esse segmento, o que é um absurdo, pois esse movimento é essencialmente dos estudantes do ensino regular fundamental e médio, sendo conhecidos genericamente como secundaristas. É preciso que estudantes sérios e comprometidos com a luta pela melhoria da educação retomem a entidade para restabelecer a ética e o respeito que o movimento estudantil sempre teve na sociedade.

quarta-feira, 30 de março de 2011

Strike


SEMED propõe cobrir quadra de esportes que não existe

Escola Telles de Menezes: alunos fazem aula de educação física na rua
Para fugir do pagamento de multa no valor de R$ 1.447.608,48 por condenação da justiça, a Secretaria Municipal de Educação (SEMED) propôs ao Ministério Público do Trabalho, sediado em Marabá, reverter a divida em benefícios para as escolas.
Um dos pontos do acordo, em especial, chama a atenção. É que a administração propôs cobrir a quadra da escola Telles de Menezes, porém a referida escola não possui quadra de esportes. Os estudantes fazem suas atividades de educação física na quadra da pracinha do bairro que fica ao lado do estabelecimento de ensino.
O documento assinado pela SEMED foi postado em matéria do blog Folha de Tucuruí no dia 24/03/2011 e vem sendo assunto recorrente nos intervalos das aulas. Clique aqui para ver.

Para tudo dá-se um jeito

Qual teria sido o motivo de tão grave engano? Será que a SEMED não conhece sua seara? Só mesmo o grande poeta paraense Juraci Siqueira e seus versos sacânicos pra desvendar esse mistério.
No seu livreto artesanal intitulado “Novos Versos Sacânicos”, o poeta conta a história de um político não muito honesto que me fez lembrar esse caso. O tal político, num discurso inflamado, em plena campanha eleitoral, prometeu construir uma ponte na cidade quando, indignado, um eleitor grita do meio da multidão em protesto:

“Chega de tanta lorota,
promessas, discurso vão,
que aqui não tem imbecil
pois não existe um só rio
No meio desse sertão!”

E o político safado, com a cara mais deslavada, saiu com essa:

“Cesteiro que faz um cesto
faz um cento, faz dez mil...
Eleito, até o impossível
farei pelo meu Brasil!
Nada vejo que me afronte.
Depois de fazer a ponte
mandarei fazer o rio!”

Grêmio do Rui Barbosa exige democracia e transparência na UNEST

Segundo os estudantes, existe uma ditadura à la Kadafi na UNEST.
O ditador líbio está há 42 anos no poder
Os estudantes do Rui Barbosa – Ensino Médio não aceitam mais a ditadura à la Kadafi que se instalou na UNEST (União dos Estudantes de Tucuruí). Segundo o presidente do grêmio daquela escola, Rafael Douglas, o mandato da entidade já venceu, sendo que a última eleição foi feita em 2007. Para permanecer no comando, os diretores teriam dado um autogolpe prorrogando o próprio mandato numa reunião fechada aos estudantes. A trincheira está montada. Segue o manifesto do grêmio:

Chega de golpe. Eleições já na UNEST!
Prestação de contas do dinheiro das carteirinhas.

A história do movimento estudantil em nosso país mostra que a juventude brasileira é consciente de seus direitos e da força que tem. Lutamos pelo controle dos brasileiros sobre nossas riquezas quando lançamos a campanha “O Petróleo é Nosso”, ainda no governo Vargas, combatemos aquela ditadura, assim como a dos militares e, juntos, ainda derrubamos um presidente corrupto (Collor). Diante de tantas lutas vitoriosas, calar frente ao que acontece no próprio movimento estudantil em Tucuruí seria contradizer nossa própria existência.
Nossa entidade maior, a UNEST, envergonha a classe estudantil. A entidade deixou de fazer movimento estudantil pra virar um balcão de negócios. Aparece nas escolas uma vez por ano, apenas pra vender carteirinhas. Ninguém sabe pra onde vai esse dinheiro que deveria ser usado na luta pela melhoria do ensino em nossa cidade. Pra eles o Movimento Estudantil virou ganha pão.
Nossa escola há muito clama por reformas, falta merenda, livros, espaços adequados para o ensino, etc. Muitas outras escolas não têm nem água pra beber, o que faz com que as aulas sejam suspensas. E então, por onde anda a UNEST quando não está vendendo carteirinha?
Esse ano lutamos contra o aumento absurdo das passagens de ônibus e a UNEST nem deu as caras. Seu mandato já venceu e eles deram um auto-golpe prolongando-o sem fazer eleição. Eles são os Kadafis do Movimento Estudantil. Chega de corupção, chega de golpes! Queremos democracia e Movimento estudantil de verdade!

  • Eleições já para a UNEST!
  • Prestação de contas já!
  • Por uma UNEST de luta e a favor dos estudantes!

Grêmio Livre Estudantil do Rui Barbosa – Ensino Médio.

Reformas da educação: um caminho para transformar o Brasil

O portal Vermelho está fazendo uma série de reportagens muito interessante chamada “Reformas Democráticas” onde aborda vários problemas enfrentados pelo povo brasileiro. Um deles é o desafio de melhorar a qualidade da educação. A série está sendo exibida em vídeos ao longo desta semana e vale a pena acompanhar. Para isso basta clicar aqui.

Virou rotina

Pane nos semáforos: a situação virou rotina
O semáforo que controla o trânsito de veículos no cruzamento da Lauro Sodré com a Veridiano Cardoso voltou a entrar em pane e os camburões da CTTUC também voltaram à cena. A situação já se estende por uma semana.
Está ficando até chato postar essa notícia aqui, mas como a proposta do blog é discutir a cidade, aí está novamente a imagem do caos.

segunda-feira, 28 de março de 2011

Dra. Edileuza é a vereadora mais atuante na opinião dos internautas

Vereadora Dra. Edileuza na câmara Municipal de Tucuruí

Enquete encerrada, a Ver. Dra. Edileuza (PSC) é a mais atuante na opinião dos visitantes deste blog. Ela obteve 68 votos, ficando com 42% do total de 160 votantes. Em segundo lugar ficou o Ver. Jones William (PT), com 56 votos (35%) e em terceiro o Ver. Tom Bonfim (PT) com 8 votos (5%) seguido do Ver. Titônio (PTB) com 5 votos (3%) e Bena Navegantes (PP) com 4 votos (2%). Os Ver. Max (PPS), Pr. Antônio (PT) e Tabaco (PRP) obtiveram 1 voto cada, enquanto que o Ver. Chico Enfermeiro (PP) não pontuou. A opção "nenhum deles" obteve 18 votos, 11% do total.

A pergunta feita pelo blog na enquete foi: “Qual o(a) vereador(a) mais atuante de Tucuruí e que, portanto, merece reeleição? Cada votante podia escolher mais de uma opção.

domingo, 27 de março de 2011

A Hora do Planeta em Tucuruí

Manifestantes concentram-se na Pça. do Rotary, no centro de Tucuruí.
Ontem aconteceu no mundo todo uma grande manifestação ecológica conhecida como a “Hora do Planeta” que propunha que todos apagassem as luzes por uma hora a partir das  20:30 h. Aqui em Tucuruí a Secretaria Municipal do Meio Ambiente organizou uma concentração na praça do Rotary que ficou totalmente às escuras. Uma pena que pouca gente aderiu. No período determinado o que se via é muita claridade na cidade.
No site horadopalneta.org.br temos a lista das cidades inscritas. São poucas infelizmente, mas Tucuruí está lá. Tá faltando um pouco mais de consciência com o nosso planeta.
A Hora do Planeta é um ato simbólico, promovido no mundo todo pela Rede WWF, no qual governos, empresas e a população demonstram a sua preocupação com o aquecimento global, apagando as suas luzes durante sessenta minutos.

sexta-feira, 25 de março de 2011

Censura: Tapa na Perereca. Chinelada no Barata

Égua!!! A censura voltou com tudo e ela não gosta de bicho. É antiecológica. Deram uma tapa na perereca que ela ficou tonta. No meu tempo dar uma tapa na perereca significava outra coisa. Não sabem do que eu estou falando? É que o blog “A perereca da Vizinha” teve que tirar do ar uma matéria sobre um nobre desembargador e conselheiro do CNJ (não vou nem falar o nome dele pra não ser censurado) que aluga seus imóveis para o governo do Estado.
Será que vai voltar também a escravidão e a inquisição? O mandado censor foi publicado no blog da Perereca. Leia clicando aqui. Aproveite enquanto ainda está no ar.
Me preocupa uma nova postagem, agora no blog do Barata, que fala do mesmíssimo desembargador. Cuidado Barata! Eles não gostam de bicho. Já deram uma tapa na perereca e pra te dar uma chinelada não custa nada. Para ver a ousadia do Barata clique aqui.

Novas carteiras do MEC chegam às escolas de Tucuruí

Aluno comemora a chegada das novas carteiras enviadas pelo MEC
As escolas municipais de Tucuruí estão recebendo carteiras novas compradas pelo Ministério da Educação (MEC). Hoje o mobiliário desembarcou na Escola Telles de Menezes causando surpresa na comunidade escolar que parecia não acreditar no que via. São carteiras de qualidade num padrão estipulado pelo MEC que se baseou nas determinações da Associação Brasileira de Normas Técnicas (ABNT).
Inicialmente, o MEC está adquirindo um milhão de conjuntos para o aluno – formados por uma carteira e uma cadeira. Os conjuntos estão sendo distribuídos para as escolas públicas dos municípios prioritários definidos no Plano de Desenvolvimento da Educação (PDE).
O projeto é composto pelo conjunto do aluno (carteira e cadeira), conjunto do professor (mesa e cadeira) e por mesa acessível para estudantes com deficiência. A carteira e a cadeira do aluno têm três tamanhos, conforme o nível de ensino, cobrindo toda a educação básica.
Segundo o Presidente do Conselho Municipal de Educação, José Rodrigues, a contrapartida da prefeitura de Tucuruí nesse projeto foi de 1%.

Valorização do professor

Esse é o retrato fiel da valorização do professor. As carteiras escolares chegaram e são bem vindas, mas o lugar do professor ficou lá, intacto, sem mudanças. Espero ter queimado minha língua e amanhã ter que postar aqui a nova mesa daquele que a presidente Dilma proclamou em seu discurso de posse como a maior autoridade na educação.

A demora do STF e seu efeito colateral

Flexa Ribeiro foi preso em 2004 após denúncias de fraudes em licitações
Como sempre, a justiça tarda e ainda falha. Quem acabou se beneficiando de todo esse moroso imbróglio foi esse que aparece aí na foto tentando esconder o “bracelete de prata” que ganhou da Polícia Federal. Isso mesmo, o senador do açaí. Flexa Ribeiro vinha mal nas pesquisas e certamente não seria eleito se a decisão do STF saísse a tempo.
As denúncias tendenciosas da imprensa queimaram a foto de Jader e Paulo Rocha, poupando Flexa Ribeiro, que, enquanto isso, tomava açaí na cuia em plena feira do Ver-o-Peso como se fosse um cidadão honestíssimo. Resultado? Flexa o senador mais votado.

quinta-feira, 24 de março de 2011

Pra não dizer que não falei das flores

Pedestres ganham mais segurança com semáforos
Um ponto positivo em meio à desordem no trânsito em Tucuruí foi a colocação semáforos no cruzamento em frente à Caixa Econômica, porém faltou sincronizá-lo com os outros já existentes, pois em alguns momentos os motoristas são obrigados a parar em todos eles. Os semáforos no cruzamento da Av. Sete de Setembro com a Tancredo Neves também foram bem vindos e o do cruzamento da Sto. Antônio com a Lauro Sodré, que antigamente era peça decorativa, passou a funcionar com regularidade.
Outra ação inteligente foi a definição de mão única no trecho da Sto. Antônio que vai da Lauro Sodré até as alturas da Secretaria de Educação. Isso ajudou a amenizar um pouco a desordem provocada pelo funcionamento da feira livre e do mercado municipal, principalmente aos domingos.

O adeus de Marinor Brito

Sen. Marinor Brito (PSOL-PA)
Sentada na cadeira de Jader Barbalho no Senado Federal, a quase ex-senadora Marinor Brito do PSOL-PA terá que desocupá-la devido a decisão do STF que julgou ser a lei da ficha limpa válida apenas para as eleições de 2012.
Marinor ficou em quarto lugar no último pleito e mesmo assim foi empossada. Mantê-la na vaga seria realmente uma incoerência. No mínimo teríamos que ter outra eleição. Inconsolavel, Marinor foi à tribuna para golpear seu conterrâneo peemedebista: “...Nós queremos ter um Judiciário transparente, nós queremos ver varridos da política brasileira os corruptos como Jader Barbalho...”.
Dentre todas as possiblidades postas ao STF, talvez a decisão tomada tenha sido a mais plausível, afinal, o eleito foi Jader, que perdeu o direito de posse para uma mudança de regra durante a partida eleitoral.

Melhorar o transporte coletivo pode aliviar o trânsito no centro da cidade

Apenas uma empresa faz o transporte coletivo em Tucuruí
Talvez parte da solução para o caos que vive hoje o trânsito no centro da cidade esteja em melhorar o transporte urbano, diversificando as linhas de ônibus, fazendo, dessa forma, com que chegue a todos os bairros. Um grande entrave para se colocar essa ideia em prática é, sem dúvida, o monopólio da Viação Tucuruí. A prefeitura deveria começar a pensar em abrir licitação para concorrência e até permitir a circulação de vans, medida que tem sido adotada como solução em grandes e médios centros urbanos.
A diversificação do transporte e uma correta distribuição entre os bairros pode levar grande parte da população a deixar o carro na garagem, afinal ainda existem em Tucuruí localidades onde para se chegar a um ponto de ônibus os moradores têm que caminhar cerca de 1 Km. Quem mora no bairro Carajás, por exemplo, só pega ônibus se caminhar para o Jardim Paraiso ou para o Getat. No Palmares a situação é ainda pior, pois nem carro pequeno consegue circular pela maioria das ruas.

quarta-feira, 23 de março de 2011

Tá difícil

Não consigo mais fazer postagens de tão lenta que anda a internet. Postar fotos, então, é quase impossível. A internet em Tucuruí, seja via rádio ou celular, só funciona, mal e parcamente, entre 03:00 h. e 08:00, h. da manhã.

terça-feira, 22 de março de 2011

Fazendo o papel da oposição

É incrível o poder de autodestruição do PT. Li uma entrevista com o pré-candidato à prefeitura de Santarém, Pedro Peloso, no blog da Profª. Edilza Fontes onde este destaca apenas os pontos negativos do governo de Maria do Carmo (PT) e ainda critica um possível aliado, o PMDB. Como já dizia uma canção dos Engenheiros do Havaí, ele “foi sincero como não se pode ser”. Será que o papel de elogiar o governo vai ficar para a oposição? É por essas e outras que o partido perdeu o governo do Estado.

Leia a entrevista clicando aqui.

segunda-feira, 21 de março de 2011

Centro de Tucuruí vive caos no trânsito

Av. Lauro Sodré é o ponto mais problemático
Andar de carro em Tucuruí está se tornando um grande problema e me parece que a cada dia que passa a coisa vai ficando mais feia. Em horários de pico (imaginem, já existe isso por aqui) estacionar virou uma verdadeira aventura em alguns pontos que considero problemáticos, como em frente ao Shopping, próximo ao Banco do Brasil, do Banpará e da Big Bem, na Pça. do Rotary. Ou seja, o centro da cidade está um caos total e a situação merece atenção de nossas autoridades municipais.
Um planejamento mais bem pensado é necessário para equacionar os problemas de uma cidade que, como  todo o Brasil, teve um aumento considerável de veículos em circulação decorrente do também aumento considerável da classe média.
Para piorar a situação, a CTTUC distribuiu pelo centro uma série de placas de proibido estacionar. Algumas delas muito bem colocadas, porém outras sem necessidade.

sexta-feira, 18 de março de 2011

Visita de Obama: americanos de olho no Pré-sal

Americanos tentando convencer os iraquianos a aderirem à democracia. Será?
Os ianques sentiram o cheiro do petróleo do pré-sal. Esse é o principal motivo da visita do presidente norte americano, Barack Obama, ao Brasil no próximo final de semana. Eles vêm parece vampiro no rastro do sangue. Por falar em sangue, é exatamente isso que fica quando os EUA se interessam pelo petróleo alheio. Que o digam os povos do oriente médio, que não têm sossego com as inúmeras intervenções na região, onde a mais ousada foi a criação do Estado de Israel, em 1948.
Aqui na nossa pacífica América do Sul, planejam uma base militar na Colômbia para provocar a Venezuela de Chaves, uma das maiores produtoras de petróleo do mundo e membro da OPEP (Organização dos Países Exportadores de Petróleo). Isso, diga-se de passagem, vem tirando o sossego do Itamarati.
Não é à toa que depois de descoberto o Pré-sal, o Brasil resolveu incrementar seu arsenal bélico comprando os caças franceses. Não quero aqui fazer ode à guerra, mas é fato que precisamos nos defender da cobiça estrangeira e, nesse caso, a aquisição dos cassas, englobando nesse pacote a transferência de tecnologia, é essencial.
Enquanto os colonizados entram em euforia com a visita do imperador, os movimentos sociais preparam um grande protesto contra a presença de Obama no Brasil. Para evitar constrangimentos, o presidente norte americano foi aconselhado a cancelar o discurso que faria para seus súditos na Cinelândia, em plena praça pública, no Rio de Janeiro. Outros protestos estão sendo organizados em Brasília e outras localidades por onde passará. Ao que tudo indica, o passeio de Obama não será um mar de rosas.

quinta-feira, 17 de março de 2011

Tá sobrando dinheiro

Telhas ecológicas viram tapumes nas obras da prefeitura (clique na imagem para ampliar)
Será que tá sobrando dinheiro na prefeitura de Tucuruí? Pelo menos é isso que sugere os tapumes da obra de revitalização de uma praça quase despercebida na cidade que fica próxima aos Correios, ao lado da locadora Doce Vício.
Me falaram, mas eu não acreditei. O cercado que esconde a obra dos olhos da população curiosa é feito de telha ecológica. Isso mesmo, telha ecológica da melhor qualidade. Como sei que vocês também não iriam acreditar, trouxe a foto aqui para essa postagem, mas o bom mesmo é dar uma passadinha lá e ver com os próprios olhos.

10 mil acessos

Domingo este blog atingiu a importante marca dos 10 mil acessos. É um número modesto, porém significativo. Estamos no ar desde julho de 2008 e os acessos vêm crescendo na medida em que incrementamos o visual e, principalmente, agregamos qualidade às informações. Somente no mês passado foram 1500 acessos. Essa contagem refere-se a computadores únicos. Levando-se em consideração que mais de uma pessoa pode acessar através do mesmo computador, esse número deve ser bem maior. O número de postagens também tem aumentado, assim como a receptividade. Neste caso, só tenho a agradecer a todos aqueles que tem prestigiando o blog. Muito obrigado!

quarta-feira, 16 de março de 2011

Obama é persona non grata no Brasil

Movimentos sociais preparam manifestação antiimperialista contra a visita do mandatário norte americano, Barack Obama. O principal motivo dos protestos será as constantes agressões dos EUA a países soberanos, principalmente no Oriente Médio. Uma reunião no Sindicato dos Petroleiros, no Rio de Janeiro, prepara os últimos detalhes. Para Obama, o blog recomenda uma coisa que caiu muito bem para seu amigo Clinton: “Obama, faça amor não faça a guerra”. A Michelle agradece!
Leia na íntegra o manifesto, que é assinado por movimentos sociais, como a UNE, CUT e MST:

Obama é persona non grata no Brasil

Os movimentos sociais brasileiros consideram o presidente dos Estados Unidos, Barack Obama, persona non grata no Brasil e rechaçam a sua presença em nosso país.
O atual mandatário dos Estados Unidos mantém a orientação belicista de ocupar países e agredir povos em nome da “luta ao terrorismo”. Obama tem reiterado  que o objetivo fundamental do seu governo no setor externo é reafirmação da hegemonia estadunidense no mundo, inclusive na área militar.
Dizemos que Obama é persona non grata no Brasil porque, como latino-americanos, sabemos que a política dos Estados Unidos para a América Latina não mudou em nada.  Não aceitamos a manutenção do bloqueio a Cuba, as provocações contra a Venezuela, a Nicarágua, a Bolívia e o Equador.
O governo Obama apoiou o golpe militar em Honduras, que retirou do poder o presidente legitimo Manuel Zelaya, e mantém o apoio ao atual governo de fato, que é denunciado por inúmeras violações aos direitos humanos. Como recompensa pelo apoio às forças golpistas, os EUA instalaram duas novas bases militares neste país.
Temos acompanhado a ampliação da presença militar dos EUA na região, tanto as iniciativas dirigidas a instalar novas bases militares na Colômbia, quanto a movimentação de tropas na Costa Rica e no Panamá.
A disputa pelo petróleo está no centro das guerras promovidas pelo imperialismo estadunidense. No caso do Brasil, logo após a descoberta de petróleo nas águas do Atlântico Sul, reativaram a chamada Quarta Frota de sua marinha de guerra e falam ainda em deslocar para estas pacificas águas, os navios de guerra da OTAN. As imensas reservas do pré-sal, estimadas em pelo menos 10 trilhões de dólares, atraem a cobiça dos EUA. Com certeza, o ouro negro brasileiro é uma das maiores motivações da vinda do presidente estadunidense ao nosso país.
Obama também liderou a Organização do Tratado do Atlântico Norte que consagrou um “novo conceito estratégico” a partir do qual se arroga o direito de intervir militarmente em qualquer região do planeta. Os Estados Unidos nunca abriram mão de dominar nossos países e continuam considerando nosso continente como sua área de influência.
Os EUA sob a presidência de Barack Obama falam em Direitos Humanos, mas mantém os cinco heróis cubanos presos injustamente, e reafirmam o apoio à política genocida do Estado sionista israelense contra o povo palestino. Sob Barack Obama, os Estados Unidos mantiveram a presença das tropas de ocupação no Iraque e no Afeganistão, e desde este país bombardeiam o Paquistão. Só nessas guerras já foram mortos dezenas de milhares de civis e inocentes. Sob o seu governo os EUA ameaçam países soberanos como o Irã, a Síria e a Coréia do Norte, e continuam em pleno funcionamento o centro de detenções e torturas de Guantánamo, mantida em território cubano de forma ilegal e contra a vontade deste povo.
Obama chega ao Brasil num momento em que os Estados Unidos e seus aliados, principalmente os europeus, preparam-se, sob falsos pretextos, para perpetrar novas intervenções militares. Agora, no norte da África, onde, com vistas a assegurar o domínio sobre o petróleo, adotam a opção militar como a estratégia principal. Os Estados Unidos querem arrastar as Nações Unidas para sua aventura, numa jogada em que pretende na verdade instrumentalizar a organização mundial e dar ares de multilateralismo à sua ação militarista e imperial.
No mesmo 20 de março, dia em que Obama estará visitando o Brasil, acontecerão manifestações em todo o mundo convocadas pela Assembleia Mundial dos Movimentos Sociais realizada durante o Fórum Social Mundial de Dacar, Senegal.
O dia de mobilização global foi convocado para afirmar a “defesa da democracia, o apoio e a solidariedade ativa aos povos da Tunísia e do Egito e do mundo árabe que estão iluminando o caminho para outro mundo, livre da opressão e exploração”.
O 20 de março será um Dia Mundial de Luta contra a multiplicação das bases militares dos Estados Unidos, de solidariedade com o povo árabe e africano, e também de apoio à resistência palestina e saharauí. O mundo não pode tolerar uma nova guerra, agora, na Líbia!
É nesse contexto que convocamos a Plenária Unificada dos Movimentos Sociais contra a vinda do Obama, espaço onde os movimentos sociais de todo o país construiremos uma grande manifestação de repúdio à presença de Obama no Brasil com destaque para a ação que será organizada no Rio de Janeiro no dia 20 de março.
A Plenária Unificada dos Movimentos Sociais contra a vinda do Obama será realizada na próxima quarta-feira (16/03), às 18h, na sede do Sindipetro-RJ (Av. Passos, 34, próximo à Praça Tiradentes).

Abaixo o imperialismo estadunidense!

Assinam esta convocatória:

Campanha O Petróleo Tem que Ser Nosso, CMS - Coordenação dos Movimentos Sociais, Plenária dos Movimentos Sociais – RJ, UNE, MST, CUT, CSP-Conlutas, Itersindical, CTB, CEBRAPAZ, Sindipetro-RJ, 

terça-feira, 15 de março de 2011

Atenção estudantada!

Cuidado com os parasitas que vivem da exploração da boa fé juvenil. Eles vão começar a passar nas escolas vendendo as carteirinhas. Movimento estudantil que é bom, nada!
Nas escolas faltam livros, merenda, carteiras e até água. O preço da passagem de ônibus aumentou absurdamente e não se viu uma palavra dessa gente, pra quem a carteirinha virou ganha pão e o Movimento Estudantil profissão. O dinheiro da carteirinha deve ser revertido para a luta estudantil, mas não é o que se vê. Aliás, ninguém sabe onde vai parar esse recurso.

PCCR ou greve - Parte II

Em 2010 os professores inovaram com a Greve Cultural

Em Belém e Região Metropolitana os professores já admitem começar o ano letivo de 2011 com greve para forçar o governo do Estado a cumprir o Plano de Cargos, Carreira e Remuneração (PCCR) aprovado na Assembleia Legislativa e sancionado pela ex-governadora Ana Júlia Carepa. Lá eles ainda estão fechando o ano de 2010.
Parece que os cortes de gastos anunciados por Simão Jatene, que não atingiria os setores sociais, pegou em cheio a educação. O PCCR foi conquistado numa greve vitoriosa ano passado e quando ele estiver em prática os professores terão direito, entre outras vantagens,  a 20% de hora atividades, escolher uma carga horária máxima de 200 horas mensais podendo, trabalha-la em parte com projetos e em uma única escola. Jatene aposta no cansaço da e na desmobilização da categoria.

segunda-feira, 14 de março de 2011

Incoerência pedagógica

Tem coisas que parecem inexplicáveis na educação. As turmas da noite das escolas estaduais têm carga horária reduzida em relação àquelas que funcionam à luz do sol. Para a minha disciplina, que é História, por exemplo, as turmas de ensino médio da manhã e da tarde têm três aulas semanais. Já as mesmas séries que funcionam à noite assistem apenas duas aulas semanais para vencer o mesmo conteúdo. A redução acontece devido ao horário e à introdução de novas disciplinas, como filosofia e sociologia.
Essa conta não fecha de jeito nenhum e a impressão que eu tenho é que tem gente administrando a educação no Estado como quem remenda roupa velha. Por outro lado, o governo federal insiste em propagandear que melhorou o acesso à educação no Brasil, porém esquece-se de dizer que a qualidade despenca a cada dia.
Bem faz a Rússia que só tem aulas pela manhã, mas para que isso aconteça no Brasil teria que melhorar estupidamente a remuneração dos professores. Alguns chegam a trabalhar os três turnos por que senão o que não fecha são suas contas em casa.

domingo, 13 de março de 2011

Vereador(a) mais atuante: Dra. Edileuza lidera votação até o momento

Passadas 24 horas da postagem da enquete que pergunta “qual o(a) vereador(a) mais atuante de Tucuruí?”, quem lidera a opinião do público visitante do blog é a Vereadora Dra. Edileuza (PSC), seguida de longe pela opção “nenhum deles”. Em terceiro lugar vem o vereador Tom Bonfim (PT) e em quarto o Ver. Jones William (PT). Até o momento registram-se 43 votos, sendo que teremos mais 14 dias de votação pela frente. Se você ainda não votou participe fazendo isso agora!

IMPORTANTE: Esta enquete não tem caráter científico, portanto seu resultado pode não expressar a opinião da maioria dos moradores de Tucuruí. Ela restringe-se apenas à opinião dos visitantes deste blog.

Inoperância permanente

No aviso: "inoperância temporária"
Há alguns dias elogiei o fato do Banpará ter instalado um terminal de caixa eletrônico na Farmácia Big Bem, afinal é uma opção a mais para os correntistas, principalmente para nós servidores públicos estaduais, realizarem suas transações bancárias. Acontece que o tal terminal passou mais tempo parado que em operação. Nesse caso, a mensagem colocada na máquina é quase perfeita. Pra expressar bem o que vem acontecendo eu trocaria por “INOPERÂNCIA PERMANENTE”. O terminal está por lá desde novembro.

sábado, 12 de março de 2011

Enquete: Qual o(a) vereador(a) mais atuante de Tucuruí e que, portanto, merece reeleição?

As sessões da Câmara acontecem todas as segundas-feiras sempre às 16:00 h.
Aproveitando a interatividade que a internet proporciona, estou postando mais uma enquete para a participação dos leitores deste blog. Dessa vez a pergunta é “Qual o(a) vereador(a) mais atuante de Tucuruí e que, portanto, merece reeleição?
È importante dizer que essa enquete não tem caráter de pesquisa eleitoral e que não usa métodos científicos (Tentei pôr essa informação na imagem acima da enquete, porém ficou um pouco ilegível). A intenção é medir a receptividade dos nossos munícipes aos trabalhos desenvolvidos naquela casa legislativa. É permitido apenas um voto por computador, porém você também poderá escolher mais de uma opção. Uma dica: se alguém já votou no computador que você está usando, tente um navegador diferente (Firefox, Internet Explorer, Google Crome, entre outros) A lista dos vereadores segue ordem alfabética. Vote à vontade!

Mais um partido pra que?

Kassab: em busca de uma saída
O prefeito de São Paulo, Gilberto Kassab, anda contrariando o Demo. (Democratas), mas continua a cometer pecados. Anunciou para o próximo dia 15 de março sua provável saída do partido e deverá criar uma nova legenda. Trata-se do PBD que já tem programada uma fusão com o PSB. Não entendi a manobra canhestra. Por que não se filia logo ao PSB?
Na verdade não é só o prefeito de São Paulo que tenta fugir do inferno da oposição para se alinhar aos governistas. Muita gente de peso pretende fazer o mesmo, inclusive acompanhando Kassab, como a prefeita de Ribeirão Preto, Dárcy Vera. A perda da maior capital do Brasil, um dos poucos espaços administrados pelo partido será um duro golpe nos democratas.
Aqui em Tucuruí, a maior expressão do partido, o ex-deputado Gualberto, já não tem mais parte com o Demo. e por isso vem recebendo convites de diversas legendas, sendo inclusive um provável nome para disputar a prefeitura.
Vê-se que a debandada é geral e deixa exposta a profunda crise depressiva em que mergulhou a oposição com a derrota nas últimas eleições.

quinta-feira, 10 de março de 2011

Entrevista: a versão de Roquevan.

Como prometi, trago para vocês agora uma entrevista exclusiva com o militante do Movimento dos Atingidos por Barragens (MAB) e dirigente do Partido Comunista do Brasil (PCdoB) em Tucuruí, Roquevan Alves Silva, personagem principal dos burburinhos políticos envolvendo o PCdoB. Vamos à versão de Roquevan sobre esse e outros temas como as eleições de 2012, impugnação de sua candidatura, relação com o MAB, processos na justiça e relação com o poder municipal.
Nascido numa localidade de Tucuruí conhecida como Jatobal, que hoje se encontra no fundo do lago da Usina Hidrelétrica de Tucuruí (UHT), Roquevan e sua família perderam tudo o que tinham, como propriedade, castanhal e roças, entre outras coisas. Veio para a cidade morar de favor na casa de familiares e diz não ter recebido nenhum tipo de indenização até o momento.
Em 1989 teve seu primeiro contato com o MAB e em 2002 passou a militar de forma mais efetiva, inclusive integrando a direção do movimento, que já lhe rendeu diversos processos. Em 26 de abril de 2009 foi preso juntamente com mais 17 trabalhadores quando ocupavam, em protesto, a eclusa da UHT. Uma prisão que considera arbitrária já que não houve mandado de reintegração de posse.
Candidato a deputado estadual em 2010, obteve expressivos 7.750 votos, dos quais 6.660 aqui no município de Tucuruí.

Prof. Augusto: Qual a origem dessas divergências internas do PCdoB?

Roquevan: Eu até tenho me perguntado. Vários outros companheiros de outros partidos tem me ligado e perguntado se existe alguém financiando e se tem alguém se beneficiando com isso. Com certeza tem e não é o PCdoB por que o desgaste está sendo pra nós. Nenhum de nós saímos favorecidos. Nem eu nem o Odécio e nem nenhuma das pessoas que estão envolvidas nisso.  Eu acredito que tem pessoas por trás que estejam se beneficiando e alguém do PCdoB também está se beneficiando por que alguém tá recebendo alguma coisa pra tentar me desgastar ao máximo. Chegar ao cumulo de solicitar a minha desfiliação do partido via cartório eleitoral, comunicar isso em rádio, etc. Não é pouca coisa que está por trás disso. E isso surge no momento em que eu anuncio a minha pré-candidatura em duas rádios locais. Então eu acho que já incomodou aqueles que têm interesse na prefeitura de Tucuruí. Nós temos interesse sim e nós vamos pra disputa eleitoral. Se vamos ganhar a gente não sabe. Nós temos o mesmo direito que tem o atual prefeito e outros de concorrer. Democracia é isso, então é uma disputa. Infelizmente esses camaradas caíram nessa cilada por que isso não desgasta só o meu nome por ser um provável pré-candidato. Se eles estão agindo assim comigo que sou um filiado do PCdoB, como agiriam com outras pessoas? Pra quem me conhece, conhece minha história não tem levado isso a sério. Tanto é que o nosso nome continua firme e cada vez mais crescendo nessa possível candidatura a prefeito aqui de Tucuruí.

Prof. Augusto: O que você acha desse disse me disse que aparece de vez em quando na imprensa e em alguns blogs? Por exemplo, publicaram hoje que o PCdoB estaria prestes a receber a Secretaria de Agricultura da Prefeitura de Tucuruí.

Roquevan: Em relação à Secretaria de Agricultura, eu não participei da conversa, mas tive a informação de que o Diretório Municipal teve recentemente conversando com o prefeito. Então pode até estar sendo ofertado e eles (alguns membros do PCdoB) podem estar pensando no assunto. Algumas pessoas que assumem o diretório pensam que são donas do partido e esse é o grande problema, achar que pode fechar esse tipo de acordo sem levar em consideração os filiados. Dependendo do que está sendo ofertado e daquilo que está em jogo eles podem até assumir, mas teriam que ter a aprovação de todo o diretório. Essa é, inclusive, outra questão, o Odécio e o pessoal do Comitê sabe que da minha parte não há como fechar nenhum tipo de acordo com o Sancler. Então, à medida que eles comunicaram no rádio já sentaram com o homem em seguida. Então é um jogo que tem por trás disso. Não estou dizendo que o Sancler está financiando ou botando lenha, mas é muito estranho que no momento em que eles apresentam no rádio um relatório que me desliga do PCdoB em seguida tenham uma reunião com o prefeito. Então eu não tenho dúvida que a proposta tenha sido feita, que eles estejam pensando e que eles venham até a assumir pra servir de pau mandado do prefeito.

Prof. Augusto: Outro blog disse que você estaria indo para o PR. Existe fundamento nisso?

Roquevan: Quanto a ir pro PR não tem fundamento. Eu não fui convidado oficialmente pelo presidente do partido como hoje eu fui convidado, por exemplo, pelo Deley, que me ofereceu o PV e eu recusei. Falei inclusive na rádio pra todo mundo saber que a minha intenção é continuar no PCdoB. Quem demonstrou interesse e me chamou pra conversar também foi o DEM. Quem trouxe essa informação de eu ir conversar com o Márcio Miranda disse que, como o DEM perdeu sua maior referencia aqui que era o Gualberto, existiria essa intenção da gente assumir o partido aqui. A gente vai até conversar, mas a nossa intenção é permanecer no PCdoB.

Prof. Augusto: Você lançou publicamente sua pré-candidatura à prefeitura de Tucuruí. Você acha que existe condições para que essa candidatura aconteça pelo PCdoB?

Roquevan: Acredito. Acredito por que o PCdoB sozinho não elege ninguém aqui. Tem que fazer uma aliança muito bem feita com os partidos de esquerda pra que a gente possa garantir um grupo em condições de nos levar até a prefeitura. Alguns companheiros que ainda acreditam na gente estavam esperando o resultado pra ver no que ia dar. A executiva estadual determinou a nossa permanência. Tem desgaste? Tem, mas esse desgaste é mais interno que com a sociedade. Hoje o eleitor é muito personalista, então não vota em siglas, vota em pessoas e isso a gente mostrou agora nessas eleições de 2010. Então se a conversa for muito bem feita com os partidos que estão aí soltos e com as lideranças que querem uma coisa nova, querem renovação em Tucuruí eu acho que há possibilidade sim de ganhar a eleição. O atual prefeito sozinho, sem precisar de ajuda de ninguém, desmontou o grupo que ele criou na desgraça do Cláudio Furmam. Dificilmente ele vai conseguir organizar um grupo que leve ele de volta à prefeitura e os nomes que estão colocados não são muito fortes pra dizer que vai enfrentar uma candidatura a prefeito, então a gente tem uma experiência já como candidato a deputado com uma votação que nos credencia, nos dá essa possibilidade de chegar à prefeitura.

Prof. Augusto: Você não acha que uma candidatura à Câmara Municipal seria mais viável, inclusive com a possibilidade do PCdoB fazer mais de um vereador?

Roquevan: (Risos) É, tem muita gente me aconselhando nessa direção e isso também é uma das coisas que foi colocado dentro do PCdoB. Ventilava-se que se eu saísse candidato a vereador as pessoas não se sentiriam bem pra serem candidatos pelo partido por que eu estaria eleito e os outros serviriam apenas para ajudar a me eleger e eu não saindo candidato eles teriam uma igualdade de disputa por uma vaga na Câmara, o que é um outro elemento nessa briga interna.

Prof. Augusto: Agora, se por um lado, você pode supostamente estar eleito, por outro, sem você na chapa o partido pode não alcançar o coeficiente eleitoral. Isso não parece inconsequente?

Roquevan: Acontece que parece que tem camaradas ali no PCdoB que que não olham o geral e sim algumas coisas específicas, tipo assim: olha se o Roquevan vier ele chega e a gente não. Ao mesmo tempo eles não imaginam: pô, mas se ele não estiver na chapa vai cair consideravelmente a votação do partido. Até por que as pessoas estão votando em pessoas e não no partido, tanto que eu tive voto de vários companheiros do PT. Nós temos outros nomes bons pra sair candidato a vereador pelo PCdoB, mas tem outros nem tão bons assim. A disputa por uma vaga na Câmara vai ser pesada, então a gente tem que pensar que, independente do que a gente tenha contra essa ou aquela pessoa, o importante são os votos que ela tenha pra contribuir para a legenda.

Prof. Augusto: Você acredita que essa luta interna abalou sua liderança no MAB?

Roquevan: Não, não abalou. Eu tinha até preocupação quanto a isso, inclusive quando foi lido o documento na rádio contra mim a direção regional ligou pra lá e repudiou até por que o MAB tem o seguinte entendimento: o MAB não era favorável que eu fosse candidato. De repente libera e em seguida o MAB se sente usado de certa forma pelo PCdoB. Aí eu sempre falo para os companheiros que não é o partido, são pessoas que estão lá dentro. Pra mim ele é importante, é um partido muito bom, agora tem pessoas que não tem a índole que condiga com a sigla. Então eles se sentiram usados por que me colocaram como um nome importante pra ser candidato e de repente querem me expulsar. Eles esqueceram que eu era uma liderança do MAB e que toda a minha liderança projetada foi através desse movimento. A direção estadual esteve em Tucuruí sendo solidária a mim e dizendo que acredita na nossa inocência em relação àquilo que eu estava sendo acusado e inclusive estão discutindo o meu retorno para a coordenação estadual por que a nacional não aceita, tipo assim, que o Roquevan esteja com a gente dois anos, mas depois ele sai pra ser candidato, então não podem contar cem por cento. Então não abalou graças a Deus. Quem perdeu com isso, dos pré-candidatos, foi o Cristiano, que ia ter o apoio do MAB e agora não vai mais, o Domingos Barbudo que muita gente do MAB votaria nele e por saber de toda essa parafernália com o nome dele envolvido, também não vai mais apoiar. Nos grupos do MAB o pessoal já tem uma decisão: cinco pessoas não vão ter o apoio da entidade que são o Odécio, a esposa dele, o Domingos Barbudo, Cristianao e Esmael, esses não teriam o apoio da nossa companheirada.

Prof. Augusto: Você poderia ser hoje deputado estadual e não é. Quais os erros que você acha que foram cometidos nessa candidatura?

Roquevan: Eu consultei alguns advogados, além dos que trabalharam pra nós contratados pelo PCdoB, inclusive um de Brasília, Paulo Guimarães, que é do PCdoB, e todos eles disseram que teve erro jurídico aqui. Além de erro do presidente do partido que teria que se apresentar perante o juiz com um advogado quando fomos comunicados que eu estava com dupla filiação. Mas o nosso problema foi de prazo. Eu pedi desfiliação no tempo certo, me filiei no tempo certo, o PPS não comunicou meu desligamento ao cartório eleitoral e deu esse problema de dupla filiação. Todo mundo acha que isso foi proposital por parte do PPS, mas esse não foi o maior problema, o problema foi de incompetência jurídica e talvez de boa vontade do presidente pra resolver essa questão. E o pior é que ficaram nos enrolando e nos mentindo, dizendo que o problema estava resolvido. Eu fiquei numa reunião em Belém até duas da madrugada, cansado, me puxam pelo braço e dizem que estava resolvido o problema e o cabra não foi capaz de dizer “olha, não tá resolvido. Nós ganhamos em Belém com algumas ressalvas e agora tá indo pro TSE”. Por que em Belém o juiz disse que eu não tinha problema de dupla filiação, mas o período de filiação é que era o problema. Eu não teria um ano de filiado e eu perderia o direito de concorrer às eleições. Esse foi o problema.

Prof. Augusto: Tem muita gente confundindo essa impugnação da tua candidatura com a questão da lei da ficha limpa, relacionando com os processos que tu respondes pela tua atuação no MAB e não é nada disso, né? A questão foi mesmo a dupla filiação. É isso?

Roquevan: Foi dupla filiação, até por que ficha limpa é quando o camarada participou de desvio de dinheiro público e aí tem que ser gestor, ou ele é deputado, ou governador, alguma coisa nesse sentido, até vereador, e a gente não foi. Então não tem desvio de recursos nisso daí. Os meus processos em relação à atuação no MAB não tem nada a ver por que eu não fui julgado, não fui condenado em nenhuma instância. Então não tem impedimento legal, não nesses casos de me candidatar a nenhum cargo.

Em primeira mão

Ontem postei em primeira mão aqui a resolução do Comitê Estadual do PCdoB que decidia pela permanência do Roquevan no partido. Minutos depois o documento estava em todos os blogs da cidade. Recebi a resolução do secretário estadual de organização, Aroldo Carneiro, com quem tive a honra de trabalhar na Assessoria da ex-deputada estadual Sandra Batista, na época do PCdoB, e de quem vinha cobrando desde que soube da sua elaboração. Antes de sair aqui a resolução foi postada no sítio do PCdoB, o Vermelho (www.vermelho.org.br). Continuamos em busca de novidades, sempre em primeira mão. Valeu líder!

Vem aí entrevista bombástica com Roquevan

É isso mesmo galera. Estive hoje na casa do Roquevan e fiz uma entrevista muito boa com ele que vou trazer pra vocês daqui há algumas horinhas. Pela primeira vez o ator principal dos burburinhos políticos no PCdoB e na cidade vai se pronunciar aqui, falando livremente, sem censura. Vale a pena aguardar.

quarta-feira, 9 de março de 2011

Confirmado, Roquevam fica no PCdoB

A Comissão Política é o orgão máximo do Comitê Estadual do PCdoB (Foto do arquivo)
O Comitê Estadual do Partido Comunista do Brasil não reconheceu o processo que desligou Roquevam dos quadros do partido em Tucuruí. Alegou erros na conduta. Leia a resolução, na íntegra, que trago com exclusividade pra vocês:
Partido Comunista do Brasil
Comissão Politica do Comitê Estadual do PCdoB-Pará
 

Resolução Nº 001/2011

CONSIDERANDO a petição do sr. Roquevam Alves Silva, nº 002/2011, que dispõe acerca da sua defesa, referente ao parecer da comissão de controle do Comitê Municipal de Tucuruí nº 001/2011, que decretou o desligamento imediato do mesmo, tanto na relação oficial quanto de seu cargo no comitê municipal de Tucuruí.

CONSIDERANDO que o processo disciplinar instaurado ao Sr. Roquevam Alves Silva, foi feito de forma irregular.

CONSIDERANDO que o Comitê Municipal de Tucuruí, transgrediu o Artigo 39 - em sua alínea f - parágrafo 3º " ...nos casos de desligamento ou expulsão, a decisão deve ser ratificada pelo organismo imediatamente superior..." não comunicando ao Comitê Estadual do PCdoB Pará.

CONSIDERANDO que foi realizado um amplo debate sobre esta situação específica gerada a partir do comitê municipal do PCdoB de Tucuruí. A Comissão Política do Comitê Estadual do PCdoB Pará em Reunião no dia 03/03/2011, RESOLVE:

Art. 1º - Acatar a defesa do filiado Roquevam Alves Silva, não reconhecendo a decisão tomada pela comissão de controle do comitê municipal de Tucuruí de desligamento do filiado, permanecendo o camarada Roquevam Alves Silva filiado ao Partido Comunista do Brasil, e membro da direção do Comitê Municipal de Tucuruí.

Art. 2º Dar ciência desta Resolução ao Tribunal Regional Eleitoral do Pará, com cópia ao Exmo. Juiz Titular da Zona 40 – TUCURUÍ, e aos meios de Comunicação do Estado, da Região, e do Município de Tucuruí.

Art. 3º - A presente resolução passa a vigorar a partir desta data, revogando-se as disposições em contrário.

Belém, 03 de Março de 2011

Publique seu artigo neste blog

Agora o espaço está aberto para o leitor expressar mais livremente sua opinião. Mande seu artigo para gutomagalhaes@ibest.com.br que o publicarei no blog. As únicas exigências são que o artigo seja assinado e acompanhe um e-mail e o número de telefone para contato (este último não será divulgado).  Você poderá ainda usar um codinome caso não queira se identificar ao público. Se quiser mande também uma foto para ilustrar a postagem. Os artigos deverão ainda seguir o perfil do blog, passarão por revisão ortográfica e ficarão sujeitos a aprovação. Vamos lá, participe!

terça-feira, 8 de março de 2011

Tempo das águas

É o tempo das águas.
Tucuruí começa a submergir.
É a vontade incontrolável do velho Tocantins de alargar-se.
É a natureza se manifestando, reclamando seu espaço.

Imagens da orla de Tucuruí. Clique na imagem para ampliar