sábado, 26 de fevereiro de 2011

Caos no trânsito: CTTUC abandona o posto

Sem saída: CTTUC abandona motoristas à própria sorte
Despreparada, a Companhia de Trânsito de Tucuruí (CTTUC) deixa sem alternativa os motoristas que trafegam pelo centro da cidade. Com os semáforos em pane, quem vem pela rotatória da Praça do Rotary encontra o trânsito fechado para seguir pela Veridiano Cardoso e fica tentado a fazer bandalha, retornando em frente ao Cine Foto Vaz. Um mototaxista denuncia que muita gente já levou canetada por fazer a arriscada manobra.
Da mesma forma, quem vem pela Veridiano Cardoso para dobrar à esquerda na Av. Lauro Sodré encontra o paredão de camburões da CTTUC e é obrigado a fazer o retorno na praça. O trânsito também fica fechado pra quem pretentde seguir direto pela Av. Lauro sodré no sentido Cidade Luz - Sete de Setembro, devendo fazer o retorno  próximo ao Hospital Santa Angélia.
À noite a situação piora, pois a Companhia fecha também a rua em frente a Big Bem para a festa de um bloco de carnaval. A agonia já dura dois dias e hoje nem se viu a sobra dos guardas no local. É nessa hora que a gente vê que a Companhia serve apenas como fábrica de multas e não para organizar o trânsito. Custava colocar os guardas para orientar os motoristas numa situação emergencial como essa?

3 comentários:

Anônimo disse...

A CTTUC serve ainda para os cabides de emprego na Prefeitura de Tucuruí, já que não se cumpre o que a lei determina, os agentes de trânsito devem fazer Concurso Público. É mais uma irregularidade do governo do santo Sancler, que de santo não tem nada.
É o novo tempo. Prá lá!

Prof. Augusto Magalhães disse...

Ao anônimo que fez o comentário começando com as seguintes palavras: "Foi noticiado que seis vereadores do município de São Felix do Xingú formaram uma comitiva e foram a Brasília (...)",

Achei o comentário muito bom e bastante válido, porém não posso publicar estando você ANÔNIMO por se tratar de nenúncias envolvendo nomes, quantias e instituições, etc.
Peço que encaminhe novamente o comentário através de seu e-mail pessoal para gutomaglhaes@ibest.com.br. dessa forma publicarei seu comentário sem revelar sua identidade.

Agradeço a compreensão. Continue visitando o blog e comentando.

Anônimo disse...

Vi o comentário do anônimo acima citado em outro blog, muito interessante mesmo e mais interessante ainda, como o próprio anônimo colocou é que a imprensa local não se pronuncia sobre estas coisas, assim como também não se pronuncia sobre a necessidade urgente da gestão municipal estar criando alternativas reais para que nossa cidade não fique parecendo novamente com uma cidade fantasma, como aconteceu ao final da primeira etapa, não podemos passar todo o tempo em função da boa vontade da Eletronorte, que tem sim sua responsabilidade social para com o município, mas não é quem o administra. Na primeira etapa pelo menos tínha-se a expectativa da segunda, das eclusas, mas agora tá parecendo até um velho ditado falado por minha mãe :"festa acabou, boa retirada, pra quem não quiser ir, pau nos camaradas", será que é isso que vai sobrar pra quem continuar insistindo/acreditando no desenvolvimento de Tucuruí? Mas a imprensa local parece até aqueles três macaquinhos: não vê, não ouve, não fala nada.