quarta-feira, 16 de fevereiro de 2011

Brincadeiras à parte, o futebol também tem seu lado sério. Por isso hoje somos todos Independente


Ainda bem que aquele tempo em que o futebol paraense era sinônimo de Remo e Paysandu e se concentrava na capital já passou. Hoje temos grandes times no interior, como é o caso do Cametá; São Raimundo, em Santarém, Água, em Marabá e, é claro, o nosso Independente, em Tucuruí. Esse crescimento do futebol paraense que transborda os limites da Região Metropolitana de Belém é um significativo avanço e deve ser incentivado.
A nós que moramos em Tucuruí cabe prestigiar os jogos do Independente toda vez que palco da disputa for o Navegantão e é por isso que eu vou lá hoje. Vou torcer pro Independente dar uma surra nos mocorongos e melhorar sua performance no campeonato paraense. O Galo Elétrico merece essa vitória pra levantar sua moral e seguir em frente.
Os atletas precisam da presença da torcida pra impulsionar os ânimos, emular a máquina em potencial que é o Independente. Esse calor da torcida é importantíssimo pra quem joga em casa. Além do mais a presença do torcedor em campo significa também o ato não menos importante da contribuição financeira para o time. É por isso que eu vou lá hoje às 16:00 h. Mais do que nunca, temos que ser Independente!

Segue matéria de hoje do Diário do Pará pra quem quiser ter mais informações sobre a partida e sobre a atuação dos dois times no Parazão.

Sexta rodada começa hoje em Tucuruí

Hoje, Independente e São Raimundo abrem a 6ª rodada do Campeonato Paraense. O jogo será realizado no estádio Navegantão em Tucuruí às 16 horas. As duas equipes não venceram na última rodada. O Galo Elétrico foi o que sofreu mais. Perdeu para a Tuna Lusa por 1 x 0. Já o Pantera, deixou a vitória escapar quando empatou com o Castanhal em 2 x 2.
Mas, quem está mal das pernas mesmo são os santarenos. A quatro rodadas segurando a lanterna da competição, somando apenas três pontos, o confronto remete a um chavão: vida ou morte para o time de Charles Guerreiro ainda sonhar com a classificação no primeiro turno. Só uma vitória interessa. A diretoria está confiante no trabalho do novo técnico Charles Guerreiro. “Em duas semanas de trabalho, Charles já acertou os principais erros da equipe. Infelizmente, deixamos escapar a vitória no último jogo, mas a equipe apresentou um rendimento bem melhor. A vitória é fundamental hoje”, afirmou Sandicley Monte, diretor do São Raimundo.
O Independente segue vivo no certame. A equipe do técnico Sinomar Naves, que ainda se encontra no G-4, precisamente na terceira posição, conta com bons jogadores tanto no ataque como na defesa. Tudo para a conquista a terceira vitória no campeonato. O habilidoso atacante Kurimatã tem dado muito trabalho dentro da pequena área aos adversários e o goleiro Ângelo, com boas apresentações, passa confiança.

3 comentários:

Anônimo disse...

surpreendente esse repentina por paixão por futebol

Prof. Augusto Magalhães disse...

Não é paixão. É falta do que fazer, rsrsrs...

Anônimo disse...

Seja mais cuidadoso, ou honesto,pra quem não lhe conhece, a sua falta do que fazer pode ser realmente confundida com paixão e não estou falando só de futebol...