sexta-feira, 19 de junho de 2009

A semana

Shopping

O Boticário está mesmo apostando no Shopping Tucuruí. A loja vai ser ampliada e passará a funcionar onde antes tínhamos a Borges Informática. A data de reinauguração está prevista para o início de agosto. Acho que vem promoção por aí.


Shopping II

Outra novidade é a inauguração futuramente de uma academia de ginástica no subsolo do shopping. A moçada que gosta de malhação vai ter uma opção a mais. Cá pra nós, a cidade precisa de uma boa academia de ginástica. A melhorzinha fica na vila, mas o preço é um absurdo: pra malhar tem que desembolsar no mínimo R$ 400,00.


Vem de canoa, mas vem

E o Navega Pará está chegando. Vem de canoa, mas vem. Esta Semana a escola Rui Barbosa entrou na era da internet. O programa do governo chegou por lá. Agora temos Simão, Ribeiro e Rui Barbosa servidos com internet banda larga. O problema é aquela versão do linux que estão usando, se é que existe uma versão boa.


A ré ganhou!!!

E na política? Eu gostei da novidade. A prefeita eleita de Santarém, Maria do Carmo, finalmente assumiu. Ela era ré no processo que a impedia de assumir por ser promotora de justiça. Ela ganhou, ou seja, a ré ganhou!!! Muita gente dizia: se a ré ganhar vai melhorar!


Pendenga na Câmara

Ainda na política, continua a briga entre a secretária de educação e a Câmara Municipal. O vereador Tom Bonfim (PT) enviou torpedo para vários educadores informando que um novo requerimento dele foi aprovado. Dessa vez o documento define a data em que a secretária deverá comparecer a uma sessão extraordinária para prestar esclarecimentos àquele poder sobre várias denúncias feitas principalmente pelo Sintepp. A data é 30 de junho, às 09:00 h.


Fim da greve

Os professores voltaram às aulas. Apesar da luta travada na greve, que durou pouco mais de um mês, o aumento salarial foi de apenas 7,25% e o auxílio alimentação (poderia ser vale merenda) continua na velha quantia de R$ 100,00. Faltou coragem para lutar. Poucos apareciam às assembléias. Nesse caso o aumento foi merecido.

3 comentários:

Cláudio Alfonso disse...

Olá Guto. Foi reencontra-lo aquele na Riachuelo aqui em Belém, já começando a curtir tua férias.
Queria comentar esse tópico pricnipalmente no que se refere ao uso do linux como base do navega Pará:
1. O problema é que nem sempre se tem o cuidado em otimizar o sistema para um uso especifico, se falar na má vontade que as pessoas tem em aprender algo novo, pricipalmente em infomática.
2. Se fosse depender da boa vontadade da Microsoft em disponmibilizar as suas licenças para uso no Navega Pará esse projeto nem existiria.
3. O suporte técnico para resolver bugs será (imagino) dificil, daí o uso do linux por ser viatualmente imune a vírus, se fosse windows teria que ser formatado quase toda semana.
4. Voltando ao assunto da licença. Windows XP SP2 Home custa +- 300 reais por computador, um Office 2007 completo deve estar em todo de 1200 reais, só de software windows seria gasto +- 1500 reais por computador!!!

Prof. Augusto Magalhães disse...

É, nesses aspectos ele é muito bom. Só o fato de ser menos suscetivel a virus já dá a ele uns bons pontos, mas, ideologias à parte, realmente a microsoft dá de dez em interface, praticidade e funcionalidade.
Contra o virus a gente usa um bom antivirus, esse sim gratuito, pois o avira e o avast são muito bons.

Anônimo disse...

Quanto a questão de interface acho a do linux, melhor, mais pratica e adaptavel. Mas acho também que isso é questão de gosto.
Já o que acho mias importante é que os alunos vão poder levar para casa sem estar infrigindo nenhuma lei. Claro que isso também deveria ser ensinado nas "aulas" de informatica deles.