terça-feira, 9 de junho de 2009

Greve dos servidores da educação do Pará continua

Parece não adiantar nada a realização de qualquer ato, mobilização ou protestos. Governo e servidores da Educação do Estado ainda não entraram em acordo. Nesta segunda-feira (8), em mais uma ação em frente à Secretaria de Estado de Educação (Seduc), nada foi resolvido e a greve continua.

Em nota, o Governo do Estado informou que a maioria das escolas já teria voltado a funcionar normalmente e que a greve dos servidores da educação 'estaria agonizando'. Para o Governo, das 374 escolas da Região Metropolitana de Belém, apenas 70 ainda estariam em greve.

Ao saber o que o Governo informou sobre o 'quase fim da greve', Conceição Holanda, diretora do Sintepp (Sindicato dos Trabalhadores em Educação Pública do Pará), disse que o governo está forçando o encerramento da greve. 'Não é verdade que a maioria das escolas está funcionando. Qualquer pessoa que passar em frente as escolas vai perceber que o Governo repassou uma informação irreal', disse Conceição.

Na próxima quarta-feira (10) os servidores farão um ato em frente ao Tribunal de Justiça do Estado, a partir das 9h, para saber o resultado do recurso que pede a suspensão da liminar que determinou a ilegalidade da greve, concedida em favor ao Governo do Estado.

'Não adianta a secretária chamar os alunos, dizer que a greve acabou ou entrar com qualquer pedido de liminar na Justiça. Só nós professores poderemos encerrar a greve', finaliza a diretora do Sintepp.

Fonte: Portal ORM (08/06/2009)

Nenhum comentário: