terça-feira, 24 de fevereiro de 2009

Marques de Santo Antônio

Égua!!! Essa não dá pra deixar passar. Na TV Floresta a Santo Antônio, palco do carnaval de Tucuruí, virou “Marques de Santo Antônio”. É isso mesmo. Empolgado, o narrador do desfile de carnaval rebatizou a avenida com esse nome.
Se fosse só isso, tudo bem, mas acontece que ele também passou por cima do poder de nossas ex-majestades (que Deus os tenham) e concedeu o título de marquês a alguém. Acho que ele pensou que “marques” antecede o nome de toda avenida onde aconteça um desfile de escolas de samba, como é o caso da Marques de Sapucaí, no Rio de Janeiro.
Por falar em carnaval, Tucuruí também tem uma verde e rosa. É a escola de samba Jaqueira. Eu já vi manga-rosa, mas jaca-rosa nunca. Bem, se pica-pau pode ser amarelo, como disse o Gilberto Gil, por que jaqueira não pode ser verde e rosa?

domingo, 8 de fevereiro de 2009

Precisam-se de alunos

O que está acontecendo? Os alunos sumiram. Em duas escolas de Tucuruí está sobrando vagas. Uma delas é o Simão Jacinto e a outra, pasmem, é o tradicional Rui Barbosa. Há algum tempo era comum a falta de professores, mas agora o negócio inverteu: tem professor sobrando e aluno faltando. “Precisam-se de alunos”, já anunciaram até na “rádia” do seu João Marques. Parece que a culpa é da tal matricula automática, que acabou não acontecendo.

Enquanto faltam alunos nas duas escolas. No Ribeiro de Sousa tem turmas com 45 alunos. Acho que faltou alguém gritar: “STOP”, parem a matrícula no Ribeiro!

Ergonomia

Interessante essa tal de ergonomia. Assisti a duas palestras sobre o assunto nos planejamentos do ano letivo do estado e do município. Os palestrantes falavam sobre a altura ideal da mesa do professor e a posição da cadeira, o melhor encosto, etc. Fiquei empolgado, mas quando cheguei à sala de aula lembrei que faltavam a mesa e a cadeira. O jeito foi puxar uma carteira onde equilibrei o diário pra fazer a chamada e outra pra pôr meus pertences.