sábado, 4 de outubro de 2008

Diz-me com quem andas

A disputa pela prefeitura de Tucuruí parece que será decidida mesmo entre Sancler (PPS) e Joilson (PT). Pelo menos é o que revelam as pesquisas. Mas independente de pesquisas, o que se vê na cidade é o acirramento entre as duas candidaturas. Já a campanha do atual prefeito, Claudio Furmam, desapareceu após a divulgação dos números do Ibope, que o colocaram em terceiro lugar com apenas 14% das intenções de voto.

O principal apelo da candidatura petista é a parceria entre prefeitura, governo estadual e governo federal. Joilson tenta a todo momento colar sua imagem nas de Lula e Ana Júlia, contando ainda com um batalhão de depoimentos a favor, que inclui até ministros e secretários de estado. Já o candidato Sancler tem como principal apelo o fato de ter experiência na administração do município, tendo em vista que foi vice de Furmam na atual gestão, desincompatibilizando-se apenas para disputar a eleição. Isso, porém, tem se tornado uma faca de dois gumes, já que as imagens dos dois estão muito associadas e Furmam aparece com uma rejeição de 56%.

Se por um lado Joilson tenta de todas as formas associar sua imagem à da governadora e do presidente, por outro Sancler tenta a todo custo se apartar de Claudio Furmam. Percebendo isso, os marqueteiros da candidatura petista têm usado de forma bem eficiente imagens dos dois em diferentes situações. Os responsáveis pela propaganda de Sancler rebatem tentando mostrar que a administração petista vai mal no estado, já que apenas 3% dos tucuruienses consideram o governo de Ana Júlia ótimo.

O que se vê na disputa pela prefeitura de tucuruí é uma verdadeira guerra de imagens, onde as propostas ficaram em segundo plano (quem sabe até em terceiro ou quarto). Parafraseando o presidente Lula, eu diria que "nunca na história de Tucuruí" aquele ditado bíblico foi tão bem vindo: “diz-me com quem andas que te direi quem és”.

Nenhum comentário: